Alcançando a Graça do SENHOR

A graça, o favor do SENHOR permeia toda a Sua criação; mesmo desde antes do princípio ela já era perceptível por meio do Cordeiro sem mácula que já era conhecido (1 Pedro 1:20), que foi morto desde o princípio (Apocalipse 13:8) e manifestado na plenitude do tempo (Gálatas 4:4) para salvação de todos os homens (Tito 2:11).

Sendo assim nós vemos uma atuação ativa e presente dessa graça em um crescente de manifestação e revelação desde o princípio dos tempos e que alcança a sua plenitude em Cristo sendo então superabundante … graça esta que nas Escrituras é apresentada na alegoria de um rio (de graça e favor) que flui desde os milênios iniciais da criação, alcançando o seu pico no final do quarto milênio da história humana, na cruz de Cristo, segundo as Escrituras; e sendo assim representado no rio de Ezequiel 47 que começa como um rio de águas pelos tornozelos, no primeiro milênio, até chegar a um rio que não se podia atravessar, porque as águas de graça tinham crescido … águas profundas de graça que se deviam passar a nado e que trazem restauração e vida aos homens (representados no texto como árvores nas margens e como peixes no rio).

Nisso muitos ainda se questionam …, então como posso saber que alcançamos essa Graça diante de Deus?! Uma resposta clara a essa pergunta é vista em detalhes ainda muito antes de Cristo; curiosamente logo após a entrega da Lei no Sinai, como se pode perceber neste diálogo entre Deus e Moisés …

Pois como se há de saber que achamos graça aos Teus olhos, eu e o Teu povo? Não é, porventura, em andares conosco, de maneira que somos separados, eu e o Teu povo, de todos os povos da terra? Disse o SENHOR a Moisés: Farei também isto que disseste; porque achaste graça aos Meus olhos, e Eu te conheço pelo teu nome.” (Êxodo 33:16,17)

Observando esse diálogo podemos concluir que você sabe que encontrou Graça diante de Deus quando o SENHOR anda conosco, em nosso meio, quando o Seu Espírito habita em nós, quando somos separados para Deus ( tornados santos, “chamados para fora” ) dentre os demais povos da Terra e quando o SENHOR nos conhece pelo nome, ou seja, quando temos um relacionamento pessoal com Deus.

Tudo isso, já comunicado para Moisés e o povo de Israel ainda no Êxodo, cumpre-se em sua plenitude por meio de Cristo, onde a Sua morte e ressurreição nos permite “nascer do Alto”, tendo agora o Espírito de Deus habitando em nós, sendo justificados e separados como povo Santo ao SENHOR e com nossos nomes individualmente escritos no Livro da Vida!

As Escrituras são harmônicas ao apresentar a Graça ao homem, desde o Pentateuco até o último livro de Revelação … a Graça veio gradativamente se apresentando desde o início dos tempos até superabundar por meio de Cristo e encher todas as coisas (Efésios 4:8-10). Não por acaso o último livro e capítulo das Escrituras afirmam …

O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida. … A graça do Senhor Jesus seja com todos!” (Apocalipse 22:17,21)

Seja você também agraciado pelo SENHOR por meio de Cristo!

Que o SENHOR lhe abençoe grandemente! 🙏❤️

2 thoughts to “Alcançando a Graça do SENHOR”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *