O FBI está usando equipes de elite p/ rastrear pelo menos 48 suspeitos de alto risco do ISIS

Com cerca de 1.000 casos ativos, a Fox News soube que pelo menos 48 suspeitos do ISIS são considerados de tão elevado risco que o FBI está usando seus esquadrões de rastreamento de elite, conhecidos como as equipes móveis de fiscalização ou MST, para rastreá-los dentro dos EUA.

“Há um número muito significativo de pessoas que estão em listas de vigilância de suspeitos e sob vigilância”, disse o senador republicano Dan Coats.

Coats, que está chefiando o Comitê Seleto de Inteligência, não quis comentar sobre detalhes, mas disse que a vigilância 24/7 é um grande compromisso para o bureau. “O FBI juntamente com as agências de aplicação da lei em todo o país estão envolvidos neste processo. É preciso uma enorme quantidade de mão de obra para fazer isso em uma base 24/7. É preciso uma enorme quantidade de dinheiro para fazer isso”, explicou Coats.

Essas equipes de elite do FBI são reservadas para casos de espionagem, de violência na multidão e de terrorismo de alta prioridade, assim como uma força-tarefa em um caso de terrorismo em junho passado, onde um suspeito de 26 anos, Usaama Rahim, foi morto fora de um CVS em Massachusetts. Quando um policial e um agente do FBI tentaram interrogá-lo, o Comissário de Polícia de Boston disse que Rahim os ameaçou com uma faca e foi morto a tiros.

Com pelo menos uma dúzia de agentes atribuídos a cada caso, proporcionando cobertura de 24/7, este elevado nível de vigilância reflete o grave risco associado aos suspeitos mais prováveis para tentar ataques semelhantes depois de Paris.

Mais detalhes no artigo compartilhado …

With as many as 1000 active cases, Fox News has learned at least 48 ISIS suspects are considered so high risk that the FBI is using its elite tracking squads…
FOXNEWS.COM

Fonte: Dionei Vieira – Com cerca de 1.000 casos ativos, a Fox News soube…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *