Satanás …, um servo obediente ou um rebelde?!

Aos que acreditam que Satanás não caiu, mas que ele é apenas um “servo fiel” do SENHOR cumprindo somente com as suas “funções” e “ordens” por Deus assim designadas e, sendo assim, sem cometer rebeldia alguma … ( ficou surpreso com essa alegação?! saiba que existem muitos que acreditam assim ) … vale então lembrar deste texto … um entre muitos sobre esse tema …

… não se ensoberbeça e caia na mesma condenação em que caiu o Diabo.” (1 Timóteo 3:6b)

Pense com cuidado por um momento … o Justo Juiz não condenaria alguém por apenas realizar a “função” que lhe foi incumbida, visto que seria um completo contra-senso julgar e condenar alguém por fazer apenas o que lhe foi ordenado e que lhe era designado … ainda mais se todas essas ordens partiram do próprio Justo Juiz, como alegam alguns. A própria situação de um Juiz sentenciar a condenação de um indivíduo por algo que esse mesmo Juiz designou e ordenou que o indivíduo fizesse já seria evidência por si de grave injustiça, algo impossível de se atribuir ao SENHOR Deus, que é o único Justo Juiz!

Portanto, segundo o texto de Paulo, o fato de Satanás ser condenado e de ter incorrido no erro da soberba e da arrogância ( entre outros ), implica naturalmente que muitos textos referentes a sua queda e sobre o seu orgulho, arrogância e rebeldia, a exemplo dos textos dos profetas Isaías e Ezequiel, realmente referem-se a Satanás e, sendo assim, não são apenas “interpretações erradas” sobre meros “reis” e “impérios” como alegam alguns que acreditam e interpretam que Satanás é apenas um “servo” que está cumprindo as suas “funções” e ordens divinas.

Conheço e compreendo a complexidade e os problemas gramáticos existentes no hebraico desses textos dos profetas, principalmente na forma de escrita de Ezequiel, mas a Bíblia, como neste texto de Paulo, reitera a conclusão sobre a queda de Satanás, a despeito do que muitos acadêmicos e outros buscam refutar por meio de questões gramaticais discutíveis e alegados problemas de “alegoria” … eu prefiro acreditar em Paulo do que em interpretações equivocadas por questões técnicas que são duvidosas, pois acredito que Paulo sabia bem do que falava e tinha base para isso. Além disso, o apóstolo Pedro aborda indiretamente essa mesma questão quando também escreveu …

Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno, os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo” (2 Pedro 2:4)

Eu entendo que alguns alegam que os anjos citados por Pedro seriam apenas “homens em posição de autoridade”, tirando o foco da questão celeste e negando assim que seres angelicais tivessem a possibilidade de pecar, porém o contexto do texto, aliado com a referência da carta de Judas e de textos da cultura judaica da época, como os encontrados em Qumran, acabam por refutar com riqueza e multiplicidade de evidências essas alegações vazias e distorcidas, visto que Pedro reitera que seres angelicais efetivamente pecaram e por isso foram sentenciados para condenação, concordando assim com as palavras de Jesus quando disse …

Então, o Rei dirá também aos que estiverem à Sua esquerda: Apartai-vos de Mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.” (Mateus 25:41)

Se Satanás e os seus anjos fossem apenas “servos do SENHOR” que apenas lhE obedecem, como acreditam erroneamente alguns, não haveria a necessidade de prende-los ( vide Jd 1:6; 2 Pe 2:4; Ap 20:1-3 ), bastava ao SENHOR lhes dar uma ordem … a prisão, assim como o Lago de Fogo que lhes foi reservado ( vide Mt 25:41 ), apenas evidenciam com clareza o pecado e a rebelião destes. Quando filhos se corrompem e se deterioram à rebeldia, já não são mais filhos, apenas manchas ( vide Dt 32:5 ). Aqui um texto das Escrituras que claramente evidencia os fatos anteriormente citados …

e a anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, Ele tem guardado sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande Dia” (Judas 1:6)

Além destes dados, há mais uma clara evidência da rebeldia de Satanás citada por Jesus quando se referiu sobre ele ao interpelar seus acusadores …

Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira.” (João 8:44)

Desses “mestres” que afirmam que Satanás apenas cumpre ordens e que não se rebelou ou foi arrogante, eu quero mais é distância dos mesmos quando tratam dessa questão … sei que a abrangência da ação de Satanás é limitada pelo SENHOR, como observado em Jó e em outras passagens, mas isso é assim para evitar que o mesmo faça danos irreparáveis aos bons propósitos do SENHOR e não porque Satanás fosse um “servo fiel” ao seu desígnio como afirmam alguns … estes “mestres” que buscam “santificar” o diabo nada mais são que enganadores que se valem de falácias e sofismas para sustentar os seus argumentos; distorcem as Escrituras e mentem capciosamente; dessa forma acabam agindo como filhos do pai da mentira … visto que mentem como o próprio.

Afinal, desde quando um “servo obediente” necessita ser algemado e preso para que não faça as suas “funções”?! Pois se ele é mesmo obediente, bastaria dizer para que não mais o fizesse, não é mesmo?! Entretanto, não é o que está escrito …

Então, vi descer do céu um anjo; tinha na mão a chave do abismo e uma grande corrente. Ele segurou [ do grego κρατεω “krateo” … agarrar alguém a fim de mantê-lo sob domínio ] o dragão, a antiga serpente, que é o diabo, Satanás, e o prendeu por mil anos; lançou-o no abismo, fechou-o e pôs selo sobre ele, para que não mais enganasse as nações até se completarem os mil anos.” (Apocalipse 20:1-3a)

Que o SENHOR lhe proteja destes falsos mestres e lhe ilumine sempre com a verdade da Palavra! Tenha um dia abençoado e no refúgio das asas do Altíssimo! 🙏❤️

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *