A Economia Chinesa Pode Estar Em Pior Situação Do Que As Pessoas Imaginam

A China pode estar em pior forma do que as autoridades em Pequim estão dispostas a admitir.

Um analista da Evercore ISI analisou os números e estima que a economia chinesa realmente encolheu em julho, sugerindo que a previsão da China para 2015 é excessivamente otimista, se não irrealista.

“Nosso índice proprietário do Crescimento Sintético (SGI) caiu 1,1% mês a mês, em julho, e também foi para baixo em 1,1% ano-a-ano”, disse o analista David Straszheim da Evercore ISI.

Mesmo se nós ajustarmos nossa SGI para cima (por muito pouco representando a área de serviços – há falta de dados), acreditamos que o crescimento econômico real na China está muito abaixo do oficial de 7,0%. E não está melhorando“.

O SGI é uma média ponderada de sete componentes, incluindo transporte ferroviário de mercadorias, passageiros das companhias aéreas e consumo de energia elétrica.

O analista usou fontes independentes para a sua pesquisa, alegando que os dados divulgados pelos canais oficiais chineses são muito obscuros devido a uma ausência de deflatores reais ou nominais consistentes para se trabalhar.

“Não existem componentes para análise. Nenhum produto interno bruto real publicado frequentemente”, disse ele.

O principal argumento a partir da análise, de acordo com Straszheim, é a diferença entre os dados do PIB real da China e do SGI (ver gráfico abaixo).

A economia da China pode estar encolhendo, ao contrário do quadro róseo retratado pelos dados oficiais. Se o padrão se aplica, a economia chinesa não irá provavelmente se recuperar em breve, e isso provavelmente vai pressionar o governo a introduzir medidas mais monetárias e fiscais para apoiar o crescimento.

As queixas sobre a falta de transparência e a credibilidade dos dados chineses têm sido um refrão comum.

O gestor de fundos de hedge de alto perfil, Jim Chanos da Kynikos Associates, tem por anos avisado sobre a corrupção na China e afirmou que os dados do país não são confiáveis. Veja: Por que Jim Chanos pensa que a China poderia ser a próxima Grécia.

E os críticos permanecem vocais sobre o papel do governo na economia e os mercados financeiros na sequência da crise do mercado de ações.

Carson Block, fundador da Muddy Waters LLC, disse recentemente ao MarketWatch nos comentários por e-mail que “as empresas chinesas não têm a fundamentos, governança ou transparência para merecer altas avaliações”.

Fonte: China’s economy may be in worse shape than people think – MarketWatch

O Shemitah e os Eventos da Segunda Guerra Mundial

Aos que conhecem pouco de história, segue uma curiosidade sobre a segunda guerra e o Shemitah. Como podem ver nos calendários disponibilizados, perceba que ao findar o 29 de Elul do ano Shemitah de 1937/1938, no dia seguinte, em 27 de setembro de 1938, Hitler move suas tropas na fronteira com a Tchecoslováquia com o intuito de anexar as regiões de língua alemã desse país à Alemanha, algo similar ao que havia sido feito com a Áustria anteriormente, em 12 de março de 1938.

Em 26 de setembro de 1938 (dia 29 de Elul), Hitler interrompeu a Oktoberfest alemã com o aviso de que havia dado um ultimato ao mundo de que haveria ou a guerra ou a paz e em 27 de setembro de 1938 suas tropas estão em movimento. Nesse mesmo dia, em 27 de setembro de 1938, Neville Chamberlain, primeiro ministro da Inglaterra, recomendou que o Presidente Tcheco Edvard Beneš, aceitasse a ocupação parcial do poder militar de Hitler no intuito de manter a paz.

Nos Estados Unidos, o presidente Franklin Roosevelt foi chamado para uma conferência internacional na tentativa de manter a paz. O rei da Suécia também tentou acalmar Adolf Hitler, enviando-lhe uma mensagem aconselhando-o de que a força atual alemã não era páreo para a força combinada das potências aliadas opostas. Até mesmo o chefe da Kriegsmarine, Erich Raeder, tentou convencer Adolf Hitler para não provocar a guerra. No final do dia, a Tchecoslováquia finalmente recebeu algum apoio externo, quando a Iugoslávia e a Roménia declararam que iriam oferecer assistência militar.

Essa situação de 27 de setembro de 1938, levou ao famigerado Acordo de Munique em 29 de setembro de 1938, onde Neville Chamberlain assinou com Hitler um acordo que dava à Alemanha os Sudetas (Sudetenland), começando em 10 de outubro, e o controle efetivo do resto da Tchecoslováquia, desde que Hitler prometesse que esta seria a última reivindicação territorial da Alemanha.

Chamberlain foi recebido como um herói à sua chegada ao Reino Unido. No aeroporto de Heston, ele fez o famoso discurso, agora inglório, “peace in our time” (paz para o nosso tempo) e acenou com a folha de papel branca para uma multidão em delírio, embora alguns do Reino Unido ainda tivessem questões diplomáticas mal resolvidas para esclarecer, a população em geral era a favor do tratado.

Sabemos pela história que Hitler não parou aí e que não houve paz alguma, mas sim uma guerra que foi até o ano de 1945, onde em 29 de Elul do ano Shemitah de 1944/1945, houve o desfile da vitória dos aliados em 7 de setembro de 1945 em Berlim.

Coincidências?! Eu não acredito nesse tipo de coincidência, ainda mais quando você estuda com mais detalhes outros eventos na história e certos padrões recorrentes, tanto nas esferas militares, como econômicas, políticas e outras relacionadas. Hoje eu, que já conhecia e estudava a história, agora a vejo com outros olhos e de uma forma ainda mais abrangente …

Neste ano Shemitah de 2014/2015, o dia 29 de Elul começa ao anoitecer de 13 de setembro e vai até o anoitecer de 14 de setembro … fiquemos espertos …

Foto de Dionei Vieira.
Foto de Dionei Vieira.

Fonte: Dionei Vieira – Aos que conhecem pouco de história, segue uma…

Financial Times Chama Pela Abolição do Dinheiro (Papel-Moeda)

Eu já tenho escrito sobre isso em outros posts e tenho acompanhado o movimento crescente nesse sentido. Parece que as coisas estão pipocando aos poucos em vários locais e através de vários lobbies, agora é a mídia do Financial Times que busca levantar esse “balão”.

Aqui o artigo do Financial Times sobre isso: http://www.ft.com/…/159b17ca-47f3-11e5-b3b2-1672f710807b.ht…

Abaixo segue o artigo sobre o assunto:
—————————————————————————————————–
O Financial Times publicou um artigo anônimo que apela pela abolição do dinheiro (papel-moeda), a fim de dar aos bancos centrais e aos governos mais poder.

Intitulado “O caso de se aposentar outra ‘relíquia bárbara'”, o artigo lamenta o fato de que as pessoas estão estocando dinheiro na expectativa de um outro colapso econômico, e este é um fator que está causando, “um monte de distorção no sistema econômico”.

“A existência de dinheiro (papel-moeda) – um título ao portador, com uma taxa de juro zero – limita a capacidade dos bancos centrais para estimular uma economia deprimida. A preocupação é que as pessoas vão mudar os seus depósitos de dinheiro, se um banco central mover as taxas para o território negativo”, afirma o artigo.

Queixando-se de que o dinheiro não pode ser rastreado e marcado, o autor afirma que a sua abolição, “facilitaria a vida de um conjunto do governo sobre a economia informal espremendo-a para a existência”.

Abolir o dinheiro (papel-moeda) também daria aos governos mais poder para levantar impostos diretamente das contas bancárias das pessoas, o autor argumenta, observando como “impostos sobre o valor acrescentado, por exemplo, poderiam ser automaticamente cobrados – e reembolsados – em tempo real sobre as transações entre as contas bancárias susceptíveis”.

O autor também apela para se punir as pessoas que usam o dinheiro (papel-moeda), fazendo a estes usuários “pagarem pelo privilégio do anonimato”, então eles vão, “permanecerem afetados pela política monetária”. Notas de banco datadas perderiam o seu valor ao longo do tempo, enquanto que as pessoas também seriam cobradas pelos bancos para trocarem o dinheiro físico pelas reservas eletrônicas e vice-versa.

O artigo ecoa um argumento feito por Kenneth Rogoff, ex-economista-chefe do Fundo Monetário Internacional, que pediu aos bancos que valores elevados, como notas de €100 e €500 fossem vir a serem eliminadas da existência.

Como já relatado anteriormente, Rogoff participou de uma reunião em Londres no início deste ano, onde se encontrou com representantes do Federal Reserve, o BCE (Banco Central Europeu), assim como participantes de bancos centrais suíços e dinamarqueses. A questão da proibição ao dinheiro (papel-moeda) estava na vanguarda da agenda.

No ano passado, Rogoff também pediu pela “abolição da moeda física”, a fim de parar “a evasão fiscal e as atividades ilegais”, bem como impedindo as pessoas de retirarem o dinheiro quando as taxas de juros estão perto de zero.

A agenda de proibir o dinheiro (papel-moeda) também foi discutida em uma reunião secreta do Clube Bilderberg deste ano, que teve a participação do comentarista econômico-chefe do Financial Times, Martin Wolf.

O ex-economista do Banco da Inglaterra, Jim Leaviss, escreveu um artigo para o London Telegraph, no início deste ano, em que ele disse que uma sociedade sem dinheiro só seria alcançada através de se “obrigar a todos a gastarem apenas por via eletrônica a partir de uma conta mantida em um banco controlado pelo governo”, que seria, “monitorado, ou mesmo diretamente controlada pelo governo”.

No Reino Unido, os bancos estão tratando a retirada de dinheiro em quantidades tão baixas quanto £ 5.000 como uma atividade suspeita, enquanto que na França, os cidadãos serão proibidos de fazer pagamentos em dinheiro acima de € 1.000 euros da próxima terça-feira em diante. A retirada e o depósito de dinheiro sobre o montante de € 1.000 também estará sujeito a verificação de identidade.

“Não existe uma política econômica anti-liberdade mais notória que se possa imaginar do que a proibição de dinheiro (papel-moeda)”, escreve Michael Krieger.

“Claro, se o dinheiro fosse ‘eliminado’ involuntariamente, haveria um aumento na demanda pelo ouro físico e a prata, o que passaria então a exigir uma proibição sobre esses itens. Em seguida, o ciclo de tirania econômica e financeira estaria completo, e tornando nossa fuga para fora dela, quase impossível”.

Eliminating physical currency necessary to give central banks more power.
INFOWARS.COM

Fonte: Dionei Vieira – Eu já tenho escrito sobre isso em outros posts e…

O fechamento da bolsa americana Dow sinaliza possíveis repercussões muito sérias

Este post é um tanto técnico, mas eu vou simplificar e resumir para você os pontos principais. Observe o nível de pontos em que a bolsa americana Dow se encontra (hoje fechou em 15.666,44 – curiosa sequência de números não? 15 – 666 – 44, curioso!), se ela fechar abaixo dos 15.555 pontos em Agosto, é um sinal de que uma grande baixa pode estar a caminho, pois os níveis de suporte são cada vez mais baixos após esse nível e, num caso extremo, existe o risco de chegar a 5.000. Estamos falando de uma eliminação de riqueza de 70%. Curiosamente Martin Armstrong não é o único a achar que chegue nesse ponto, tenho ouvido isso de muitos outros economistas renomados, tais como Peter Schiff, Harry Dent, Marc Faber e muitos outros. Se estes economistas experientes acreditam nessa hipótese, eu já coloco as minhas “barbas de molho” … afinal, apenas nos últimos 4 dias úteis, o Dow caiu impressionantes 1.681 pontos.

Segue o artigo original traduzido:
————————–———————————————————————–
O fechamento da bolsa americana Dow [sinaliza possíveis repercussões muito sérias]

O fechamento da Dow em 15.666,44 foi abaixo do nível de suporte em 15.824,73. Um suporte adicional encontra-se em 15.176,26 e um fechamento abaixo desse nível irá avisar de uma pausa até a área de 14.334. Nós temos quatro Reversões de baixa mensal com 15 mil e com uma lacuna depois até a área de 13.650, e o apoio a longo prazo está a partir de 12.221. Anualmente isso não vêm até o nível de 10 mil, portanto não estamos falando de uma reversão de fortuna a longo prazo. Poderíamos realmente quebrar e isso enviará o dinheiro para se derramar em títulos do governo além de tudo que isso iria contemplar.

Qualquer papel classificado como BBB estarão se tornando invendáveis. Estamos começando a ver o capital até mesmo pegar uma dívida corporativa de alta classificação, enquanto evitariam o mercado emergente e a dívida local. Então, esteja alerta porque podemos estar em uma fase de transição real dos títulos e para chegar a isso nós podemos chegar a ver níveis realmente extremos em ações pelo lado negativo. Isto pode não ficar em 8000 pontos no Dow como foi o caso de 2007-2009, mas poderia ficar em 5000. Se a baixa desta semana ganhar espaço e fecharmos agosto ABAIXO dos 15.555, mais baixas virão. Precisamos acabar com esses especialistas de TV.

DJIND-D 8-25-2015

Vamos atualizá-lo sobre esse desenvolvimento, mas tenha em mente que uma pausa para novos mínimos abre o padrão ao extremo.

Artigo original aqui: http://www.armstrongeconomics.com/archives/36526

Fonte: Dionei Vieira – Fotos da Linha do Tempo

Diremos Adeus ao Euro em 2016?

Eu tenho compartilhado, de tempos em tempos, artigos que mostram os movimentos de certos lobbies, principalmente na Europa, que buscam eliminar nos próximos anos o uso do papel-moeda e fazendo com que todas as transações financeiras sejam exclusivamente eletrônicas, caindo na situação em que ninguém poderá vender ou comprar algo sem a permissão do governo. Eu tenho acompanhado as leis que vem sendo criadas e sendo colocadas em vigor em vários países da Europa, tais como França, Alemanha, Reino Unido e outros, sem contar os movimentos que também vem ocorrendo nos EUA neste sentido. São movimentos até mesmo sutis, mas que mostram a direção para onde eles caminham e o interesse por detrás deles, poucos o percebem, poucos mesmo, mas é sempre assim que as coisas começam, não?!

Este é mais um artigo do reonomado economista Martin Armstrong sobre o assunto, buscando alertar e evidenciar mais um dos movimentos nesse sentido. Não pense que isto é uma realidade longínqua, pois todos esses movimentos que tenho registrado, e alguns deles compartilhado em posts aqui, estão ganhando terreno buscando “comer pelas beiradas”, de forma sutil e imperceptível para muitos. Esteja atento, a coisa caminha muito mais rápido do que as pessoas imaginam e isso pode se concretizar em poucos anos (talvez meses), pois tudo depende de um catalisador econômico de sérias proporções, e isso já parece se desenhar no horizonte e dará os fundamentos necessários para tal e a sociedade venha a aceitar isso sem grandes resistências. Estou avisando, como já avisei sobre tantas coisas há anos e que hoje já são realidade, assim o faço sobre esse assunto, fique atento!

Segue o pequeno artigo traduzido abaixo:
———————————————————————————————–
Os políticos nunca tem o suficiente e nunca dizem a verdade. Talvez eles estejam certos e possam enganar as pessoas em geral. Espere esse movimento acontecer logo em seu país. Eles estão fingindo que precisam ter acesso a cada telefonema, texto e e-mail, por causa do terrorismo, quando na verdade eles estão é caçando dinheiro. Então, o que você faz quando cerca de 10% da população europeia não têm contas bancárias? Você os força a abrirem uma. (veja Die Welt)

Alegando que eles estão, não apenas simplificando a terminologia, mas cada estado membro da União Européia tem de implementar uma diretiva da União Européia antes do início de 2016, que “autoriza” a todos os cidadãos de terem uma conta bancária “básica”. Portanto, esses 10% da população européia sem qualquer conta bancária e que impedem a mudança para uma sociedade sem dinheiro, estes não devem apenas ter uma conta bancária até o final do ano para o que é agora considerado como um novo direito de uma sociedade moderna, quando na verdade isso é uma maneira de aumentar os impostos para garantir que eles obtenham tudo o que sempre sonharam. Isso tem que ser agora ampliado para incluir este direito a todos os sem-teto e, naturalmente, aos requerentes de asilo.

Diga adeus a toda a liberdade. Abrace 1984 [livro de George Orwell] – isso apenas ocorrerá um pouco mais tarde.

Say Goodbye to the Euro by 2016? Posted on August 23, 2015 by Martin Armstrong Politicians never get enough and never tell the truth. Perhaps they are right and can fool the people in general. Expect this move soon in your country….
ARMSTRONGECONOMICS.COM

Fonte: Dionei Vieira – Eu tenho compartilhado, de tempos em tempos,…

O Mistério do Querubim Caído

Mais um excelente trabalho de tradução e legenda do meu grande amigo Alfa Bravo Hidequel, que o Eterno lhe recompense mano. Jonathan Cahn aborda muitas coisas importantes neste vídeo, recomendo muito. Lembrem que o povo perece por falta de conhecimento, então busque aprender, há muita informação neste vídeo.

Após assistir ao vídeo, leia este post, abrirá ainda mais a sua compreensão de tudo isso, aqui:https://www.facebook.com/DioneiCleberVieira/posts/1113184282044913

Recomendo também, para quem ainda não conhece, que dê uma navegada no canal do YouTube onde está hospedado este vídeo, pois verá que além deste vídeo compartilhado aqui, há muito, muito mais vídeos ricos em informações para você que ama aprender.

O rabino-messiânico crente no Messias (Emanuel) Jonathan Cahn revela como o anjo decaído de Isaías 14:12 e Ezequiel 28:16, que é Satanás, instalou seu…
YOUTUBE.COM

Fonte: Dionei Vieira – Mais um excelente trabalho de tradução e legenda…

Quedas Históricas Das Bolsas Nesta Sexta, Somente O Dow Caiu 530 Pontos, A Nona Pior Queda Em Um Único Dia

Nós testemunhamos algo verdadeiramente histórico acontecer nesta sexta-feira. O Dow Jones Industrial Average caiu 530 pontos, e isso foi seguido por uma queda de 358 pontos na quinta-feira. Quando você adiciona esses dois dias juntos, o total do crash da bolsa desses dois dias que nós acabamos de testemunhar tratam de perfazer um total de 888 pontos, que é maior do que qualquer crash da bolsa em um único dia na história dos EUA. Também é interessante notar que esta queda de 888 pontos vem no 8º mês de nosso calendário. Talvez seja apenas uma coincidência, e talvez não seja. Ele só me pareceu digno de nota. Esta é a primeira vez que o Dow caiu mais de 300 pontos em dois dias consecutivos desde novembro de 2008, e todos nós nos lembramos o que estava acontecendo naquela época. No geral, esta foi a pior semana para o Dow em quatro anos, e só houve outros cinco meses ao longo da história, quando o Dow caiu mais de mil pontos (sendo o mais recente em outubro de 2008). É claro que ainda temos mais seis dias de negociação em agosto, então há uma abundância de tempo restante para ainda mais carnificina.

Por si só, a queda de 530 pontos nesta sexta-feira foi o nono pior crash da bolsa em toda a história dos Estados Unidos.

Outra coisa muito interessante a se notar é que a maior queda do mercado acionário na história dos EUA, 777 pontos, ocorreu no último dia do ano Shemitah de 2008, e agora estamos a menos de um mês longe do final deste ano atual de Shemitah.

É engraçado como essas “coincidências” estranhas continuam acontecendo.

A carnificina financeira que assistimos nesta sexta-feira foi verdadeiramente global em escopo. Em uma base percentual, as ações chinesas caíram ainda mais do que as ações norte-americanas. As ações japonesas também caíram, assim como os mercados de ações em toda a Europa, e as moedas dos mercados emergentes em todo o planeta ficaram absolutamente destruídas.

Mesmo que eu especificamente avisasse que isso iria acontecer, e fosse explicando por que isso iria acontecer no meu site, nos mínimos detalhes, por meses, a verdade é que eu não esperava que as ações começassem a bater nisso rapidamente ou tão ferozmente.

Normalmente, agosto é um mês bastante lento no mundo financeiro. Como já discutido anteriormente, a maioria dos crashes do mercado de ações realmente notáveis ao longo da história tiveram lugar durante os meses de setembro e outubro. Então eu pensei que as coisas poderiam começar a ficar realmente loucas por mais algumas semanas, pelo menos.

Os mercados financeiros tendem a cair muito mais rápido do que irem para cima, e eu acredito que estamos nos movendo para um momento de volatilidade extraordinária. Haverá muitos dias de baixas, e também haverá muitos dias de altas. Na verdade, os três maiores movimentos de alta num único dia na história Dow aconteceu bem no meio da crise financeira de 2008. Portanto, não deixe o que acontece em qualquer dia especial enganá-lo.

Uma bolha financeira global absolutamente gigantesca está começando a estourar, e as ações poderiam cair por um caminho muito longo. Espero sinceramente que os mercados financeiros globais se estabilizem por pelo menos umas duas semanas. Mas não há absolutamente nenhuma garantia de que isso vai acontecer.

Se eu estou certo, este é apenas o começo. Eu acredito que estamos nos movendo para uma época de caos sem precedentes, e o mundo está prestes a ser abalado no seu núcleo.

Espero que você esteja preparado por um bom tempo para a tempestade que está vindo, então você não vai se surpreender com o que está para acontecer.

Infelizmente, o mesmo não pode ser dito para a grande maioria das pessoas. A maioria deles estão totalmente despreparados para o que está chegando, e eles vão ser pegos totalmente de surpresa pelos acontecimentos que se desenrolarão nos próximos meses.

Mais detalhes aqui: http://theeconomiccollapseblog.com/…/this-2-day-stock-marke…

Fonte: Dionei Vieira – Nós testemunhamos algo verdadeiramente histórico…