Financial Times Chama Pela Abolição do Dinheiro (Papel-Moeda)

Eu já tenho escrito sobre isso em outros posts e tenho acompanhado o movimento crescente nesse sentido. Parece que as coisas estão pipocando aos poucos em vários locais e através de vários lobbies, agora é a mídia do Financial Times que busca levantar esse “balão”.

Aqui o artigo do Financial Times sobre isso: http://www.ft.com/…/159b17ca-47f3-11e5-b3b2-1672f710807b.ht…

Abaixo segue o artigo sobre o assunto:
—————————————————————————————————–
O Financial Times publicou um artigo anônimo que apela pela abolição do dinheiro (papel-moeda), a fim de dar aos bancos centrais e aos governos mais poder.

Intitulado “O caso de se aposentar outra ‘relíquia bárbara'”, o artigo lamenta o fato de que as pessoas estão estocando dinheiro na expectativa de um outro colapso econômico, e este é um fator que está causando, “um monte de distorção no sistema econômico”.

“A existência de dinheiro (papel-moeda) – um título ao portador, com uma taxa de juro zero – limita a capacidade dos bancos centrais para estimular uma economia deprimida. A preocupação é que as pessoas vão mudar os seus depósitos de dinheiro, se um banco central mover as taxas para o território negativo”, afirma o artigo.

Queixando-se de que o dinheiro não pode ser rastreado e marcado, o autor afirma que a sua abolição, “facilitaria a vida de um conjunto do governo sobre a economia informal espremendo-a para a existência”.

Abolir o dinheiro (papel-moeda) também daria aos governos mais poder para levantar impostos diretamente das contas bancárias das pessoas, o autor argumenta, observando como “impostos sobre o valor acrescentado, por exemplo, poderiam ser automaticamente cobrados – e reembolsados – em tempo real sobre as transações entre as contas bancárias susceptíveis”.

O autor também apela para se punir as pessoas que usam o dinheiro (papel-moeda), fazendo a estes usuários “pagarem pelo privilégio do anonimato”, então eles vão, “permanecerem afetados pela política monetária”. Notas de banco datadas perderiam o seu valor ao longo do tempo, enquanto que as pessoas também seriam cobradas pelos bancos para trocarem o dinheiro físico pelas reservas eletrônicas e vice-versa.

O artigo ecoa um argumento feito por Kenneth Rogoff, ex-economista-chefe do Fundo Monetário Internacional, que pediu aos bancos que valores elevados, como notas de €100 e €500 fossem vir a serem eliminadas da existência.

Como já relatado anteriormente, Rogoff participou de uma reunião em Londres no início deste ano, onde se encontrou com representantes do Federal Reserve, o BCE (Banco Central Europeu), assim como participantes de bancos centrais suíços e dinamarqueses. A questão da proibição ao dinheiro (papel-moeda) estava na vanguarda da agenda.

No ano passado, Rogoff também pediu pela “abolição da moeda física”, a fim de parar “a evasão fiscal e as atividades ilegais”, bem como impedindo as pessoas de retirarem o dinheiro quando as taxas de juros estão perto de zero.

A agenda de proibir o dinheiro (papel-moeda) também foi discutida em uma reunião secreta do Clube Bilderberg deste ano, que teve a participação do comentarista econômico-chefe do Financial Times, Martin Wolf.

O ex-economista do Banco da Inglaterra, Jim Leaviss, escreveu um artigo para o London Telegraph, no início deste ano, em que ele disse que uma sociedade sem dinheiro só seria alcançada através de se “obrigar a todos a gastarem apenas por via eletrônica a partir de uma conta mantida em um banco controlado pelo governo”, que seria, “monitorado, ou mesmo diretamente controlada pelo governo”.

No Reino Unido, os bancos estão tratando a retirada de dinheiro em quantidades tão baixas quanto £ 5.000 como uma atividade suspeita, enquanto que na França, os cidadãos serão proibidos de fazer pagamentos em dinheiro acima de € 1.000 euros da próxima terça-feira em diante. A retirada e o depósito de dinheiro sobre o montante de € 1.000 também estará sujeito a verificação de identidade.

“Não existe uma política econômica anti-liberdade mais notória que se possa imaginar do que a proibição de dinheiro (papel-moeda)”, escreve Michael Krieger.

“Claro, se o dinheiro fosse ‘eliminado’ involuntariamente, haveria um aumento na demanda pelo ouro físico e a prata, o que passaria então a exigir uma proibição sobre esses itens. Em seguida, o ciclo de tirania econômica e financeira estaria completo, e tornando nossa fuga para fora dela, quase impossível”.

Eliminating physical currency necessary to give central banks more power.
INFOWARS.COM

Fonte: Dionei Vieira – Eu já tenho escrito sobre isso em outros posts e…

4 thoughts to “Financial Times Chama Pela Abolição do Dinheiro (Papel-Moeda)”

  1. Caro amigo e irmão em Cristo, lhe saudo com a Paz do Senhor Jesus, sei que essa não seria a postagem correta para recomendar esse vídeo, mais pelo pouco tempo que conheço o seu trabalho, posso lhe dizer o quão feliz fico em ver uma pessoa com tamanha fonte de sabedoria e conhecimento. Acredito que nossos irmãos em Cristo deveriam absorver todos os conhecimentos que pudessem nos tornar informados sobre os acontecimentos ao redor do mundo, para a glória do Senhor, nosso Deus. Gostaria de saber se o nobre Dionei Cleber Vieira já viu este vídeo. https://www.youtube.com/watch?v=v-hvJVmDZS4. É uma mistura de estudo bíblico com informações sobre o CERN. Desde já, parabenizo pelo excelente trabalho qual tem feito.

    1. Olá irmão Cardozo,

      Obrigado pelos comentários, são generosos e a sua indicação é enriquecedora. Tenho acompanhado essa questão do CERN e fiz em alguns posts menção a esse fato. Em setembro temos uma forte convergência de cerca de 33 eventos que tem possibilidade profética para ocorrerem neste mês, um deles está relacionado ao CERN. Cheguei a escrever um post sobre algumas dessas questões de setembro, mas vamos observar. Apesar dos vários eventos, pode ser que nada aconteça como também pode vir a acontecer. Os padrões vistos na história e nos eventos recentes são mais propensos ao fato de que venha mesmo a ocorrer algo importante e histórico, estejamos preparados!

    2. Caro irmão Dionei Cleber Vieira, acompanho quase todos os jornais do mundo, blogs como o do Julho Severo, como o WND, estudiosos como o Perry Stone, Joel Richardyson, Mark Blitz, Walid Shoebat, programa como It’s Supernatural do Sid Roth, portais de notícias evangélicos e tantos outros portais de notícias do mundo laico. Mas quero deixar aqui registrado que seu blog é sensacional, pela qualidade das notícias que você traduz, relaciona, pela qualidade das notícias que você disponibiliza, seja elas dos estudos proféticos, sobre livros, revistas, estudos, economia, administração, finanças… mundo. Que Deus continue lhe abençoando e usando o seu talento para alertar a todos. Como lhe disse seu blog é utilizado para mim como uma ferramenta de auto valor de conhecimento. Fico muito satisfeito e estou divulgando. Graça e Paz para você.

  2. Ola Dionei, sou Pr. Zamir Anjos, Batista e empresário na area médica. Tenho acompanhado seu blogger diariamente porque muito me interessa os fatos da economia que estamos atravessando e relacionando com os acontecimentos por vir. Foi graças ao seu blogger que tomei conhecimento do Jonathan Canh o profeta que o Senhor nosso De-s levantou neste tempo para ajudar a preparar o povo de Israel, o povo americano e ao povo evangélico de um modo geral para todos os fatos que irão acontecer após o fim do shemitá.
    Apartir dai leitura do seu blogger fui descobrindo sobre o assunto , relacionando os fatos e enetendendo que não estou diante de um blogger sensacionalista dos fins dos tempos, mas que são fatos com lógica e dentro da Palavra de De-s. Eu sempre fui um estudioso dos fatos proféticos e acompanho detalhadamente há muitos anos. Mas ultimamente eu estava muito focado no meu negócio , um pouco distante da igreja e deixando outros irmãos e pastores administrarem a mesma, um pouco cansado, um pouco desanimado e um pouco pessimista com os acontecimentos na nossa nação. Mas a partir da leitura do seu site eu comecei a assistir o supernatural do Sid Roth e percebi que há muita coisa acontecendo, mas aqui no Brasil me parece que estão todos dormindo. Então meu veio profético foi despertado para esta nova realidade que iremos passar, o fim do shemitá e o inicio dos 7 anos de tribulação.
    Isto tudo tem a ver com seu artigo tirado do Financial Times,.
    Não tem jeito, está aí, só quem não for escolhido por De-s vai ficar cego e enganado .
    Já posso sentir e entender a agonia do controle total do dinheiro e das pessoas querendo comprar e vender e sendo controlado seu trablaho por um amplo sistema socialista internacional.
    O 666 já é uma realidade, não é um vir a ser.
    Que o Senhor te abençoe e te guarde, pois informações estratégicas para o povo de De-s estarão sendo observadas e controladas, mas vai nos restar a paixão, o verbo e o sobrenatural de De-s e é com ele que nos lançaremos a ultima colheita do tempo tribulacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *