China: Os lucros industriais caem 4,6% em outubro

Mais dados mostrando que a economia chinesa continua em desaceleração, apesar das várias tentativas do governo. Segue o artigo traduzido:
—————————————————————————————————-
Os Lucros industriais da China diminuiram acentuadamente 4,6 por cento (ano-a-ano) em outubro, ampliando a queda de 0,1 por cento de setembro, levando a uma lentidão na recuperação econômica do que era o esperado e adicionando risco de incumprimento da dívida corporativa.

Os dados ruins relatados pelo Bureau Nacional de Estatísticas (NBS) nesta sexta-feira foram impulsionados principalmente pelas indústrias de energia intensiva e de commodities com problemas de excesso de capacidade, incluindo o petróleo, aço e carvão.

Mas a indústria de fabricação de alta tecnologia alcançou 14,2 por cento de crescimento do lucro (ano-a-ano). Os lucros na indústria de fabricação de equipamentos aumentou 8,6 por cento, disse o NBS.

Nos primeiros 10 meses, os lucros industriais do país encolheram 2 por cento ante o ano anterior, atingindo um total de 4,87 trilhões de yuans (US$ 785 bilhões).

Sob a pressão da desaceleração econômica, a receita das vendas da produção industrial caiu rápido, enquanto o aumento dos custos também apertaram o lucro líquido, disse He Ping, economista sênior do bureau.

Uma série de indicadores econômicos em outubro sugeriram que a segunda maior economia do mundo ainda não viu qualquer rebote após o PIB atingir uma baixa de 6,9 por cento no terceiro trimestre em seis anos, embora o governo tenha feito esforços para apoiar o crescimento através de medidas tanto monetárias quanto fiscais.

Na sexta-feira, a taxa de câmbio de referência diária de negociação do yuan chinês caiu para 6,3915 por dólar, o mais baixo desde 20 de agosto, influenciado por expectativas de depreciação em mercados offshore em meio à pressão da desaceleração.

Chen Kaiyang, um gerente sênior do Bosera Asset Management, disse: “As empresas industriais tradicionais e as pequenas empresas vão enfrentar maiores desafios para sobreviverem durante o processo de reestruturação econômica, enquanto a economia global está continuamente a abrandar”.

Incumprimentos de dívida podem aumentar [leia-se calotes], especialmente no final do ano, quando o mercado de financiamento enfrenta aperto de liquidez, e os investidores devem estar cientes do potencial risco sistemático, disse Chen.

De acordo com um comunicado da Shanghai Clearing House, até 20 de novembro, pelo menos 43 empresas tinham abandonado os seus planos de emissão de títulos que possam aumentar um total de cerca de 46,7 bilhões de yuans. A maioria dessas empresas eram de indústrias de produção de aço e cimento.

O site Chinamoney, gerido pelo Banco Popular da China, disse que pelo menos seis empresas optaram em títulos corporativos denominados em yuan até agora neste ano.

O site também mostrou que mais empresas chinesas estão lutando para pagar aos títulos, incluindo Jiangsu Lvling Runfa Chemical, fabricante de fertilizantes, e a Sichuan Shengda Group Ltd.

China’s industrial profits declined by 4.6% in October, widening the 0.1% drop in September, but the profits in high-tech manufacturing rose 14.2%.
CHINADAILY.COM.CN|POR 宋静丽

Fonte: Dionei Vieira – Mais dados mostrando que a economia chinesa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *