Nancy Pelosi: Netanyahu Vir Ao Congresso Dos EUA Poderia Perturbar O Irã

Meu ComentárioA aliança entre os EUA e Israel pode ser representada hoje como um fio que fica mais fino a cada dia, aumentando assim o risco de uma ruptura que deixará Israel em uma situação em que não poderá mais contar com o apoio dos EUA. Esse movimento já vem ocorrendo há tempos e está apenas ficando mais nítido com o passar do tempo. Como se já não bastassem exemplos disso, agora temos mais outro, como o descrito neste artigo.

por Jordan Schachtel,

 

 

A líder Democrata, Nancy Pelosi, disse nesta quarta-feira que ela estava preocupada que, se o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu falasse ao Congresso dos EUA, em março, isso poderia resultar em consequências negativas para as negociações nucleares em curso com o Irã.

O fato de que Israel é o único aliado ideológico dos Estados Unidos no Oriente Médio e que o Irã jurou destruir os Estados Unidos não tem sequer uma menção nas observações da líder na Câmara. “Essa apresentação pode enviar uma mensagem errada nos termos de darmos uma oportunidade à diplomacia”, disse Pelosi aos repórteres do lado de fora de uma conferência de representantes do Partido Democrata.

Netanyahu estará nos Estados Unidos para a conferência anual pró-Israel da AIPAC em Washington DC, em março. O Primeiro Ministro de Israel está agendado para falar com todo o Congresso em 3 de março.

Pelosi acrescentou que “não era apropriado” que Netanyahu falasse apenas a “duas semanas antes de uma eleição”. Ela não fez comentários sobre o fato de que agentes da campanha do alto escalão da antiga administração Obama estão atualmente em Israel para tentar sabotar as chances de Netanyahu para uma reeleição.

Os Estados Unidos tem se empenhado em conversações oficiais com o Irã por mais de um ano. Mesmo que o regime iraniano “concordou” com certos princípios em relação à minimização do enriquecimento nuclear, eles foram pegos e outra vez violaram grosseiramente os seus próprios acordos. Foi descoberto recentemente que o regime construiu um míssil de 89 pés, que pode ter a capacidade de atacar os Estados Unidos. Em maio, no Irã, o aiatolá Khamenei prometeu destruir os Estados Unidos através “da batalha e da jihad”.

Pelosi, de maneira chocante, parece ter-se alinhado com o Irã, que é controlado unilateralmente por um ditador que mata aos seus próprios cidadãos e promulga o terror Califatista em todo o mundo, e sobre Israel, o único país livre do Oriente Médio.

 

* Artigo traduzido por mim, link do original aqui: NANCY PELOSI: BIBI COMING TO CONGRESS MIGHT UPSET IRAN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *