Beleza e Curiosidades da Bíblia – O Número 7 na Genealogia

por Dionei Vieira,

 

Como se sabe, o número 7 tem muita importância na Bíblia e possui vários mistérios relacionados. Aos que gostam de observar a beleza da Bíblia e de seus ricos textos e mistérios, tanto os aparentes quanto os mais ocultos, segue um desafio para se utilizarem do número 7. O desafio é, crie uma genealogia que consiga abranger os seguintes requisitos:

1. O número de palavras nessa genealogia deve ser divisível por sete uniformemente. (Em cada um destes requisitos, presume-se que as divisões resultantes são sem quaisquer restos).
2. O número de letras também deve ser divisível por sete. (Não é muito difícil até agora? Mas vamos incluir mais algumas restrições).
3. O número de vogais e o número de consoantes também devem ser cada um divisível por sete. (Está ficando mais desafiador? Vamos adicionar um pouco mais de restrições).
4. O número de palavras que começam com uma vogal devem ser divisíveis por sete.
5. O número de palavras que começam com uma consoante devem ser divisíveis por sete. (Vamos adicionar algumas restrições de frequência).
6. O número de palavras que ocorrem mais de uma vez devem ser divisíveis por sete.
7. O número de palavras que ocorrem em mais do que uma forma devem ser divisíveis por sete.
8. O número de palavras que ocorrem em apenas uma única forma devem ser divisíveis por sete. (Agora vamos adicionar algumas restrições sobre a estrutura gramatical).
9. O número de substantivos devem ser divisíveis por sete.
10. Apenas sete palavras não poderão ser substantivos.
11. O número de nomes na genealogia deve ser divisível por sete.
12. Somente sete outros tipos de substantivos são permitidos.
13. O número de nomes masculinos deve ser divisível por sete.
14. O número de gerações deverá ser de 21, também divisível por sete.

Uma tarefa desafiadora de fato! Você poderia fazê-lo? Se você encontrasse tal genealogia, você poderia atribuir tais características como estas ao acaso?

Estes requisitos estão todos atendidos nos primeiros 11 versos (em grego) da genealogia de Jesus Cristo conforme escrito em Mateus, no capítulo 1.

Esses dados foram percebidos pelo Dr. Ivan Panin, graduado em Harvard no ano de 1882. Esses dados que lhe passei é apenas um dos exemplos da beleza da Bíblia que foi descoberto pelo Dr. Ivan Panin, suas observações sobre os textos bíblicos ocuparam mais de 43.000 páginas de análises, abrangendo tanto o grego quanto o hebraico. E alguns ainda acham que conhecem as Escrituras … 🙂

Quanto mais eu leio, pesquiso e estudo, sempre acabo por concordar com a célebre frase de Isaac Newton: “Sou apenas uma criança brincando na praia enquanto vastos oceanos de verdades jazem ocultos perante mim“.

—————

Ouça o sábio e cresça em prudência; e o instruído adquira habilidade para entender provérbios e parábolas, as palavras e enigmas dos sábios.” (Provérbios 1:5-6)

A glória de Deus é encobrir as coisas, mas a glória dos reis é esquadrinhá-las.” (Provérbios 25:2)

One thought to “Beleza e Curiosidades da Bíblia – O Número 7 na Genealogia”

  1. Incrivel! Creio q no hebraico serão encontrados dados ainda mais surpreendentes. P quê digo isto? Pq creio na afirmação de q o Brit Hadashah foi escrito originalmente em hebraico. Nosso rabino encontrou 700 hebraísmos no Brit Hadashah e publicou um livro sobre o assunto, mas foi feito em inglês. Shalom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *