Rússia: Novos Submarinos que Podem Disparar Sob o Gelo Ártico e a Nova Sala de Guerra que Imita a do Pentágono

por Athena Yenko,

 

A tripulação do submarino Russo de propulsão nuclear, Yekaterinburg, alinha-se no seu deck. O submarino retorna para a base Gadjiyevo na região de Murmansk, nesta foto de arquivo tirada em 26 de setembro de 2006.

 

A Rússia tem um novo submarino nuclear estratégico, que pode disparar mísseis Bulava, que são mais leves, mesmo quando em movimento e até mesmo quando está sob o gelo do Ártico, de acordo com um portal russo de notícias políticas, o PRAVDA.ru. Este novo submarino é chamado de Vladimir Monomakh e vai estar nas mãos da Marinha da Rússia em meados desse mês, dezembro de 2014. Vladimir Monomakh é apenas a primeira rodada dos muitos submarinos nucleares de seu tipo no âmbito do Projeto 955 Borei da Rússia.

Os submarinos, no âmbito do Projeto 955, serão todos equipados com “câmaras de resgate crescente”. O próximo no projeto é de um submarino que será chamado Knyaz Vladimir, que vai ser o primeiro entre os muitos submarinos que virão equipados com 20 silos de mísseis Bulava, disse o PRAVDA.ru em seu artigo.

Especialistas em submarinos de Severodvinsk, da Rússia, estão no processo de construção de mais submarinos para o Projeto 955, disse o PRAVDA.ru. Já estão em construção mais três submarinos chamados de Knyaz Vladimir, Knuaze Oleg e Knyaz Suvorov. A Marinha da Rússia irá receber um total de oito submarinos de mísseis balísticos de propulsão nuclear no âmbito do projecto 955.

Os submarinos do projeto 955 “terão um nível mais baixo de campos físicos e que, respectivamente, melhoram os sistemas de camuflagem ‘stealth’ e os sistemas de comunicação e detecção mais avançados”, disse o representante do Rubin Design Bureau, segundo o PRAVDA.ru. Estes submarinos irão fornecer à tripulação o equipamento necessário para a sua “capacidade de habitação e sobrevivência”. O projeto, ao todo, custará 39 bilhões de rublos.

A Rússia também lançou um centro de controle militar, totalmente novo, que quase imita todas as capacidades e o projeto do Pentágono. Este novo Centro de Controle de Defesa Nacional ou NDCC está aberto 24/7, monitorando todas as possíveis ameaças militares contra a Rússia. Se o tempo de guerra vier, todas as atividades do governo poderão ser executados no interior da instalação, reportou o portal RT.

 

Sala de Guerra do NDCC. Imagem produzida por simulação de computador.

O NDCC está equipado com grandes salas de guerra, unidades de processamento de dados altamente avançados, instalações subterrâneas e rotas de fuga secretas para o caso de um desastre acontecer. O centro possui também um heliporto. O Ministério da Defesa da Rússia se recusou a divulgar o valor total gasto para a construção da nova base militar.

“A criação do NDCC foi um dos maiores projetos militares dos últimos anos”, disse ao portal RT o tenente-general, Mikhail Mizintsev, chefe do NDCC. Ele disse também que a unidade vai centralizar todos os controles, tanto da máquina militar quanto da economia da Rússia “no interesse da guerra”.

 

* Artigo traduzido por mim, link original aqui: Russia: New Tactical Submarines Shooting Under Arctic Ice; Mimics Pentagon’s Control Site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *