Vida Cristã – Como nos sairíamos nos requisitos de John Wesley?

O grande avivalista John Wesley, em 1756, apresentou “An Address to the Clergy” [Discurso ao clero] (pode ser lido aqui), texto esse que os futuros pastores de nosso tempo deveriam ler como parte de seu treinamento. Ao distinguir os tipos de habilidade que um pastor deveria ter, Wesley distinguiu-as entre “dons naturais” e “habilidades adquiridas”. Apesar de originalmente a lista de Wesley destinar-se aos que iriam seguir o pastorado, acredito que não deveríamos restringir essas considerações apenas às lideranças na Igreja de Cristo, mas a todos pertencentes ao Corpo de Cristo, pois em minha concepção somos todos sacerdotes, seja em nossas casas junto à família, seja no trabalho ou em outras atividades onde nossa luz deve brilhar.

Obviamente, deve-se levar em consideração as capacidades de acesso à informação e aos objetos de estudo que cada indivíduo consegue ter, assim como os seus dons naturais. Atualmente o nosso acesso às obras e objetos de estudo são muito mais vastos e acessíveis do que eram na época do século XVIII, mas ao ler a lista você, assim como eu, ficará tentado em criar alguma desculpa para diminuir a necessidade apontada por Wesley e dessa forma fugir de meditar sobre a real necessidade de crescimento e aprimoramento, mas tenha coragem de assumir que você pode e deve melhorar no mesmo aspecto em que a leitura do requisito lhe deixar desconfortável, pois a zona de conforto dificilmente pode gerar algum crescimento relevante. Segue então a lista de habilidades a adquirir, adaptada e resumida, conforme o texto de John Wesley, Leia Mais

Minhas crenças e convicções.

Gostaria de deixar algumas coisas claras sobre minhas crenças e convicções, como já se percebe pelo post anterior, sou cristão evangélico e sei bem porque professo minha fé.

Acredito num Deus pessoal e criador que se manifesta no mistério da Trindade (assunto delicioso para post futuro) e que é único, onipotente, onipresente e onisciente. Creio na Bíblia como a inerrante palavra de Deus. Creio em Jesus como meu único e suficiente Salvador e Leia Mais

Meu testemunho.

Eu não pretendo discorrer em detalhes o que me trouxe aos pés do meu Senhor Jesus, pois não quero tornar esse post um livro, mas quero compartilhar alguns pontos que irão ajudar a entender minhas convicções atuais (assunto para outro post).

Mesmo na juventude e conhecendo já as escrituras bíblicas, tive grande curiosidade de comparar suas verdades às de outras religiões e filosofias. Como tive formação em exatas, Leia Mais