O ISIS planta uma bomba em uma igreja católica no Natal e a explode no dia seguinte

por Ben Barrack,

 

Enquanto Obama insiste que o “ISIL não é islâmico”, ele nunca se sente compelido a insistir que nem é um grupo cristão. Ironicamente, isso é mais auto-explicativo como sendo islâmico.
O exemplo mais recente é uma cortesia de uma Igreja Católica explodida em pedaços. As bombas teriam sido plantadas no dia de Natal e detonadas no dia seguinte, no dia “mais santo” da semana do Islã – sexta-feira.

Aqui está o relatório (h/t WZ):

Militantes do Estado Islâmico (ISIS) explodiram uma igreja católica no distrito de al-Arabi em Mosul na sexta-feira, disse o Padre Rudaw.

Os membros da organização extremista (ISIS) limparam a Igreja da Virgem Maria de seus conteúdos na área de al-Arabi, norte de Mosul, e a explodiram depois de algumas horas, disse o Pastor Behnam Raad.

Fontes locais disseram que os militantes tinham isolado a igreja e plantado as bombas na quinta-feira.

A maioria da população cristã de Mosul fugiu da cidade quando o ISIS a tomou, em junho. O grupo, desde então, demoliu uma série de santuários cristãos, xiitas e Yezidis, e em torno de Mosul (Nínive), entre eles o antigo santuário de Jonas (Nabi Yunus).”

Aliás, o Islã é a única religião mergulhada em uma história que envolve a destruição de igrejas católicas. Não se preocupe, no entanto. O ISIL é “não islâmico”, de acordo com o amigo da Irmandade Muçulmana, Obama:

 

 

 

 

* Artigo traduzido por Alfa Hidequel, link original aqui: ISIS Plants Bombs In Catholic Church On Christmas Day And Blows It Up Next Day

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *