Gestor de fundos de Hedge: É um “momento verdadeiramente assustador”

Meu ComentárioE este ano Shemitáh (2014/2015), assim como os dois anteriores (2000/2001 e 2007/2008), também está a cada dia mostrando que uma grande possibilidade de um novo colapso econômico se aproxima. Como já postei várias e várias vezes, desde o ano passado antes do início deste ano Shemitáh, um colapso econômico de proporções gigantescas está previsto e eu não sou o único a dizer isso, tenho postado, aqui no blog e no meu Facebook, análises de grandes Executivos, renomados Economistas, Analistas Financeiros diversos e até gestores financeiros de várias partes do mundo, a exemplo deste do artigo agora publicado. Quem puder que se prepare, diminua seus gastos, fuja das dívidas e guarde o que puder. Veja abaixo a tradução desse artigo recente da CNBC.

 

por Lawrence Delevingne,

 

Um gestor de fundo de Hedge, que já alertou sobre a última crise financeira, está vendo paralelos com o que ocorre no mercado hoje.

“Eu acho que é um momento verdadeiramente assustador”, disse Andy Redleaf, CEO de fundos de 4.2 bilhões de dólares de hedge e de fundos mútuos, em um memorando interno, domingo à noite e obtido pela CNBC.com.

Redleaf escreveu que o estímulo utilizado para colocar dinheiro novo nos mercados poderia acabar mal, assim como os padrões de crédito ocorridos no mercado imobiliário antes de 2007 colapsar esse mercado.

“Nós não sabemos exatamente por onde toda a criação de crédito deste ciclo já passou. Certamente o dinheiro fica de “braços cruzados” com o excesso de reservas, mas apenas certamente como um dinheiro que não existiria, mas para a política monetária não convencional isso tem distorcido preços e a alocação de recursos”, escreveu Redleaf.

Ele observou que o mercado de petróleo que recentemente caiu de cerca de US$ 100 o barril para US$ 43 hoje, pode ter sido excessivamente inflado pela China na “compra a crédito fácil” e por outro excesso de dinheiro indo para os produtores de petróleo, o que por sua vez, aumentou a oferta.

Redleaf também disse que os mercados acionários podem igualmente estar apoiados por fundos soberanos e pelo banco central suíço possuir grandes quantidades de ações.

“Existem alguns paralelos com o colapso nos preços dos imóveis, que precedeu a crise financeira”, explicou.

Redleaf tem alguma história em prever crises.

“Em algum momento nos próximos 12 a 18 meses, haverá um pânico nos mercados de crédito”, Redleaf escreveu a investidores em dezembro de 2006. “A direção do pânico de 2007 ou de 2008 do mercado de crédito será uma súbita, profunda e penetrante perda da fé na alquimia de finanças estruturadas como o praticado atualmente”.

 

* Artigo traduzido por mim, link do original aqui: Hedge fund manager: It’s a ‘truly scary time’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *