Jihadista do ISIS diz: “Esta é a guerra que o profeta Maomé nos prometeu, a guerra da grande tribulação”

Meu Comentário: Este artigo ajuda a entender um pouco sobre como é doente a mentalidade dos combatentes do ISIS e similares, as alegorias a guerras e mortes são comuns. Verdadeiramente eles amam a morte e não é a toa que o Islã, ao contrário do que muitos pensam e do que a mídia tenta vender, é uma religião de morte e isso a permeia até os “ossos”. Veja abaixo na tradução feita por Alfa Anauel do artigo de Walid Shoebat.

 

Por Walid Shoebat (Shoebat Exclusive)

 

Anthony disse (comentário no site do Walid Shoebat): “É difícil imaginar como o planeta pode continuar por muito mais tempo, a julgar pela taxa decrescente e pela barbárie”.

O que está acontecendo Anthony é que estamos nos aproximando de um renascimento de uma história sombria quando o Islã orgulhosamente construíu pirâmides de crânios humanos e fez o fluxo de sangue em ravinas. E quando você vê esse renascimento completo do Islã, é quando você vai olhar para trás em nosso tempo atual e dizer: “estes eram os bons e velhos tempos”.

Estes combatentes que se reúnem no Iraque e na Síria não estão lá pelo objetivo principal de combater Maliki (Primeiro Ministro iraquiano) e Assad. Abu Omar, um combatente jihadista sunita em Aleppo disse: “Se você acha que todas esses ‘mujahideen’ vieram de todo o mundo para lutar contra Assad, você está enganado. Todos eles vieram aqui como foi predito e prometido pelo Profeta. É a guerra que ele nos prometeu; a guerra da Grande Tribulação”.

Os jihadistas têm um conjunto de crença de que um terço dos muçulmanos no mundo serão mortos.

Eles estudam as Profecias Bíblicas e estão muito conscientes dos textos em Apocalipse, e se preparam para serem a antítese do que os cristãos crêem; o cavaleiro do cavalo branco é o que virá em breve – o Mahdi (messias islâmico) – , e o “Eufrates” em Apocalipse 9 para eles é o seu califado no Iraque e o um terço dos que foram mortos, eles se consideram estes, os únicos verdadeiros muçulmanos:

“Dizia ao sexto anjo, que tinha a trombeta: Solta os quatro anjos que estão presos junto ao grande rio Eufrates. E os quatro anjos foram soltos, que foram preparados por uma hora, e um dia, e um mês e um ano, a fim de matarem a terça parte dos homens. “(Apocalipse 9:14-15)

Eles ainda têm a sua narrativa profética que inclui o tratado de paz que eles acreditam que é feito entre os muçulmanos, sob a liderança do Mahdi e o Romano (cruzada mundial cristã) e falam de uma batalha entre os dois em que eles acreditam que um terço dos muçulmanos vão perder para se juntarem aos cristãos e trair o Islã. Estes não serão perdoados e acabam no inferno. O outro terço será martirizado para entrar no paraíso, e ainda outro vai ganhar a vitória no Armageddon, que até mesmo soletram em seus ensinamentos.

A missão que eles têm de fazer é um grande massacre, em que o sangue será derramado como um rio e cabeças se pilharão em montes.

De fato, em 10 de junho, o Estado islâmico em Al-Sham (ISIS) estourou no mundo com a captura de Mosul, no Iraque, a obliteração eficaz da fronteira com o Iraque / Síria (e possivelmente o próprio Estado iraquiano), um grande massacre divulgado por eles de prisioneiros (alguns relatos dizem que mais de 1.700), a súbita criação de até meio milhão de refugiados deslocados internos no Iraque, e as ameaças enfáticas divulgadas para erradicar santuários xiitas muçulmanos, o Reino da Jordânia, e (a partir de 22 de Junho) a fazer aos Estados Unidos mais mal do que Osama bin Laden já fez.

Em meados de junho, o ISIS postou fotos no Twitter que pareciam mostrar o massacre de 1.700 soldados iraquianos após a queda da cidade de Tikrit.

A ONU afirmou nesta terça-feira que pelo menos 1.000 pessoas, a maioria civis, foram mortas, e aproximadamente o mesmo número de feridos em combate e outros tipos de violência no Iraque, em junho, equanto o ISIS varria o norte. As vítimas incluiam uma série de execuções sumárias confirmadas cometidas pelo ISIS.

Quando o ISIS marcha sobre as vítimas para o abate, eles não estão pensando em qualquer forma ou meio de conceitos modernos. Eles pensam como se eles estivessem recebendo ordens, de quando Abu Bakr ordenou Khalid bin Al-Walid, em 633-634 AD, para lutar contra os persas e os cristãos de Ullays no rio Eufrates. Khlaid fez um voto a Alá durante a batalha que se ele pudesse derrotá-los de que ele faria com o canal que cercava sua aldeia literalmente corresse com seus sangue. Ele comandou que todos os que foram derrotados fossem capturados vivos. Havia tantos prisioneiros que ele realmente levou um dia e meio para decapitar todos os homens. O sangue no entanto, coagulou, e as tropas de Khalid foram forçadas a eventualmente liberar água para o canal, a fim de que ele seria ficasse vermelho com o sangue dos mortos, para que o voto de Khalid fosse cumprido.
Abu Jafar Muhammad ibn Jarir At-Tabari, o historiador e teólogo islâmico. gravou este evento:

Khalid disse:

“Ó Alá, se tu entregar os seus ombros a nós, vou obrigar-me a ti não deixar qualquer um deles, a quem podemos vencer até que eu faça o seu canal correr com o seu sangue”.

Devido a isso, tem sido chamado canal de sangue até esse dia.

O comportamento do ISIS tem sido nada menos o dos atávicos, e para encontrar uma dinâmica política semelhante (e selvagem) na história, temos de voltar sete séculos para o conquistador mongol Timur (Tamerlão) – que, aliás, massacrou a população de Bagdá e construiu pirâmides de seus crânios.

(A torre construída por um general otomano muçulmano de crânios de seus inimigos cristãos na Sérvia está no topo da lista dos “grandes osteológicos, Maravilhas do Mundo”, segundo o site EUA MentalFloss.com).

Pense neste Califa que eles querem dar fidelidade quanto a sua vinda. Babar escreveu na sua ‘cultura nama Babur’, em destruir templos Jain em Urwa, próximo a Gwalior; e ele ergueu uma torre de crânios hindus em Fatehpur Sikri e Chanderi (Babur-nama, Volume II, p. 612):

“Havia de 60 a 80 milhões de massacrados durante os Mongóis muçulmanos na Índia e que só poderiam mesmo corresponder ao que estes fizeram no resto do mundo”.

Empilhar crânios humanos está em suas canções, não apenas em tempos antigos, mas hoje, enquanto escrevo. A favorita dos terroristas muçulmanos é a canção “Sawarem” (A Espada), em que eles cantam sobre torres de caveiras.
Aqui está totalmente traduzido (início às 1:20):https://www.youtube.com/watch?v=7mw5-TU-hT0&list=PL06B251D548399CD9

Deus não estava brincando quando Ele nos disse sobre Abaddon, “o destruidor” (Apocalipse 9:11) e nós os vemos destruir, até orgulhosamente, cantando sobre destruição (início às 00:40):https://www.youtube.com/watch?v=SL0-5uEcgCo

“Ventos tempestuosos com tormento e destruí … não deixe nenhum rasto … sejam furacões … deixe os mares reforçarem a sua raiva …”

Enquanto os americanos dizem que esses homens vivem em um mundo de fantasia, eles esqueceram que eles próprios têm as suas próprias fantasias, em que eles bancam os muçulmanos seculares e sufis, acreditando que eles são pacíficos. O muçulmano secular pode mudar rapidamente para um fundamentalista fanático, assim como vimos os muçulmanos sufis, na semana passada juntando-se ao ISIS.

Quando Bob Bergdahl falou no jardim das rosas ao lado de Obama, começando com o ‘Bismillah’ (Em nome de Allah), muitos pensaram “e daí?”. Dissemos que o Bismillah não é algo que eles usam apenas quando matam uma galinha, mas é também um apelo à guerra.

E eu posso te contar sobre os meus tempos, quando eu era uma criança, onde o ‘Bismillah’ é tudo sobre guerra.
Diga-me se o nosso favorito ‘hit’ durante Egito secular, em 1973, intitulado “Bismillah”, parece-lhe sobre paz:
https://www.youtube.com/watch?v=f8lBWQkj5DE

Aqui, uma tradução pode ajudar:

“Bismillah (em nome de Allah) Bismillah Bismillah
Alá é Grande Bismillah
Bismillah Chamada à oração Bismillah Bismillah

Saudamos nossa Jihad em Bismillah Bismillah
Allah Akbar (Deus é grande)
E digo ó Senhor
A vitória é grande

Atravessamos o Sinai em Bismillah Bismillah “.

E por que você acha que os “seculares” egípcios, em 1973, queriam atravessar o Sinai?
Aqui está Farid Al-Atrash, antes destes dias cantando. Ele é um dos melhores cantores românticos clássicos no mundo árabe. Será que esta canção soa romântica? :
https://www.youtube.com/watch?v=1a9q07c5Yl4

Aqui, vou ajudar a traduzir este também:

“Diga a eles onde você [o judeu] vai se esconder?
Para você ter um dia marcado amargo
Unimos crescente e a cruz
E nos reunimos longe e de perto

Vai ser um dia destinado
Essa história vai gravar

Eles glorificaram Alah e disse:
Allah Allah Allah
Alá é grande
Alá é grande
Não há Deus senão Alá ”

Esse “amargo dia marcado” é quando as pedras clamam sobre o esconderijo do judeu.

Tais canções correram em minhas veias, para depois eu ser confrontado com o Grande Deus de Israel. Ele ganhou a vitória para os judeus, a terra descansou, pelo menos por um tempo.

De fato, tudo tem um começou, e o que você vê é a ponta do iceberg. Então aproveite este dia enquanto dura, e olhe para cima, para sua redenção que está próxima e, em seguida, a Terra vai finalmente descansar:

“Porque o Senhor se compadecerá de Jacó, e ainda escolherá a Israel e os porá na sua própria terra, e os estranhos devem ser unidos com eles, e se apegarão à casa de Jacó. E os povos os receberão, e os levarão aos seus lugares, e a casa de Israel os possuirá por servos, e por servas, na terra do Senhor; e cativarão aqueles que os cativaram, e dominarão sobre os seus opressores. E acontecerá que no dia em que o Senhor vier a dar-te descanso do teu sofrimento, e do teu pavor, e da dura servidão com que te fizeram servir, Então proferirás este provérbio contra o rei de babilônia, e dirás: Como já cessou o opressor, como já cessou a cidade dourada!
Já quebrantou o Senhor o bastão dos ímpios e o cetro dos dominadores. Aquele que feria aos povos com furor, com golpes incessantes, e que com ira dominava sobre as nações agora é perseguido, sem que alguém o possa impedir. Já descansa, já está sossegada toda a terra; rompem com brados de júbilo.”

ISAÍAS 14

A terra vai descansar, finalmente.

Seu amigo,

Walid Shoebat

 

* traduzido por Alfa Anauel do site Shoebat.com, vide link do artigo original aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *