Beleza e Curiosidades do Hebraico – Homem e Mulher

por Dionei Vieira,

 

Aos que gostam de estudar os meandros do idioma pelo qual boa parte das Escrituras foram redigidas e perceber a beleza, riqueza e profundidade do que o Eterno criou, vamos estudar o significado profundo da união do homem com a mulher e a sua função, estudando a partir da perspectiva de suas raízes hebraicas:

Veja que a palavra “Homem”, em hebraico se escreve assim: איש (‘iysh)

Agora veja que a palavra “Mulher”, se escreve assim: אשה (‘ishah)

Perceba que ambas partilham duas letras comuns e possuem duas outras distintas, agora vamos ver o que isso significa mais a fundo:

  • Se você pegar as letras que ambos possuem distintas: יה (Yah) -> (saiba que o hebraico é lido da direita para a esquerda), essas duas letras juntas representam a abreviação do nome de Deus, YAH (como no termo “Aleluia” que significa “Louvai ao Senhor“, que vem do hebraico הַלְלוּיָהּ “Halləluya”, uma junção de “Hallelu” (הַלְּלוּ), que significa “Louvai! Adorai!”; e a segunda parte “Yah” (Jah) (יָהּ), que é a abreviação do nome de Deus). Ou seja, o motivo do casamento entre um homem e uma mulher é trazer Deus para a relação, e cada um contribui de forma diferenciada e que se complementam. Como o cordão de 3 dobras citado em Eclesiastes 4:12. Sendo assim, isso implica diretamente que uniões do mesmo sexo jamais trarão Deus para a relação!

Por isso, deixa o homem (איש ‘iysh) pai e mãe e se une à sua mulher (אשה ‘ishah), tornando-se os dois uma só carne.” (Gênesis 2:24)

  • Se você retirar essas duas letras sobram, tanto do homem como da mulher: אש (‘esh) -> que significa: Fogo; ou seja, se você retirar Deus da relação entre o casal, você tem duplo fogo, ou seja, o casamento se torna explosivo, incendeia, se consome pelo fogo! Em vista disso leia e medite nas citações de Paulo sobre “abrasamento”, visto em Romanos 1:27 (inflamaram) e 1 Coríntios 7:9 (viver abrasado).
  • Agora vamos observar mais a fundo as letras distintas do homem e da mulher, o Yod ( י ) que o homem possui representa uma idéia, um pensamento, uma semente. Já a mulher possui um “Hey” ( ה ), observe que o “Hey” é quase como um “Dalit” ( ד ) com um “Yod” ( י ) dentro. O “Dalit” representa uma porta, sendo assim, perceba que a visão da mulher é pegar a “idéia/pensamento/semente” do homem e ajudar a trazer isto à realidade, “passar pela porta” para o ambiente físico. Perceba que ambos precisam estar em Deus para que cada um possa cumprir a sua função.

Interessante, não?! Deus é maravilhoso, Ele se revela não apenas pelas Escrituras, mas também pelo próprio idioma em que boa parte dela foi escrita, além de outras formas igualmente ricas e belas.

9 thoughts to “Beleza e Curiosidades do Hebraico – Homem e Mulher”

  1. ótimo jeito de se expressar, mas acho um preconceito total ” Sendo assim, isso implica diretamente que uniões do mesmo sexo jamais trarão Deus para a relação!”

    1. Com ctz não trará….não é uma relação natural…Deus deixa isto muito claro em sua Palavra é apenas uma questão de escolher(Deuteronomio 30:19,20) fazer o certo…Levítico 18:22 1 Coríntios 6:9,10.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *