Feliz é a geração em que os idosos são ouvidos pelos jovens!

por Dionei Vieira,

 

geracao
A sabedoria, de maneira geral, só floresce e amadurece com o tempo. Não se trata apenas de juntar e catalogar informações e dados, nem adágios, truísmos, epigramas e observações memorizadas e repetidas entusiasticamente ou com ar de profundidade. A verdadeira sabedoria, que vem do Eterno, pode incluir muitas coisas intangíveis: visão do interior da natureza humana; uma consciência equilibrada das possíveis consequências derivadas de decisões e atos; uma apreciação das sutilezas e complexidades; tensões e contradições da vida; todas estas são características que o verdadeiro sábio deve possuir; mas em sua maioria, elas só vem com a maturidade e a experiência de anos.

Se os mais velhos te sugerem demolir e os mais jovens construir, nesta situação ouça aos mais velhos e não aos jovens, porque a demolição feita pelos mais velhos é construtiva e a construção feita pelos jovens é destrutiva. Um exemplo clássico é o de Roboão, filho de Salomão; pois ao herdar o trono de seu pai, preferiu não ouvir o conselho dos anciãos que lhe sugeriam ouvir o clamor do povo por alívio nos impostos e Roboão decidiu seguir o conselho dos seus jovens amigos de infância que o aconselharam a aumentar os impostos sobre o povo, como resultado teve o seu reino dividido em dois.

Os jovens podem estar ansiosos e ambicionar construir e criar, mas em seu zelo imprudente, podem julgar mal uma situação, serem extremistas e, apesar de seus esforços para construir, correm o risco de só obterem confusão e destruição. Seus planos podem ser insensatos, já que seu juízo teve pouco tempo para amadurecer. Por outro lado, a sabedoria dos mais velhos pode reclamar a demolição de velhas instituições, a liquidação de velhas formas, mas devido ao seu conselho confiável e construtivo, sua missão é abrir caminho para algo mais forte e melhor que virá, por isso, paradoxalmente é necessário muitas vezes primeiro demolir para então se construir de uma forma melhor e mais firme e somente a sabedoria pode perceber o benefício do que é muitas vezes paradoxal.

Há sabedoria na juventude?! Sim, pode ocorrer, mas é incomum, não é a regra, pode ocorrer com o jovem que se deixa guiar pelo Altíssimo, pois não há a maior ou melhor professor. Naturalmente também há os que envelhecem sem nunca se tornarem sábios, é verdade e, talvez, não tão incomum nos dias atuais visto o quanto a sociedade afasta-se do conhecimento do Todo-Poderoso.

Numa sociedade cada vez mais voltada a um pensamento “liberal” ao invés de “conservador”, a falta de sabedoria poderá se tornar a regra entre o povo, pois no momento em que as ideologias liberais buscam “jogar fora” o que foi “conservado”, estão destruindo também os alicerces que permitiam a sociedade de crescer e se desenvolver a partir de um conhecimento existente, mas como esse conhecimento é agora desprezado, por vezes até adulterado, os novos alicerces podem se mostrar fracos e débeis para as necessidades futuras e com isso toda a construção poderá ruir em breve. Assim vivemos hoje, quase que no mundo inteiro paramos de ouvir o conselho dos anciãos, principalmente os conselhos milenares que as Escrituras registram, sendo assim, o mundo hoje caminha aceleradamente para a sua própria destruição e ruína.

Portanto, mais do que nunca, precisamos lembrar de que “feliz é a geração em que os idosos são ouvidos pelos jovens!“.

 

* Adaptado de um dos estudos do livro “A Ética do Sinai”.

2 thoughts to “Feliz é a geração em que os idosos são ouvidos pelos jovens!”

  1. GRAÇA E PAZ; APESAR DE TER ENTENDIDO À MENSAGEM… REFORÇO QUE OS IDOSOS A SEREM OUVIDOS SÃO OS QUE SÃO DIRIGIDOS PELO ESPÍRITO DO ALTÍSSIMO, POIS, TEMOS UMA “GERAÇÃO DE IDOSOS” TOTALMENTE ALHEIOS AO TEMOR DO CRIADOR, VIDE OS POLÍTICOS DESTA E OUTRAS NAÇÕES… QUE NO MÍNIMO FAZEM DA MENTIRA A BASE DE SEUS “SERVIÇOS PÚBLICOS”. ESTE É CONFIÁVEL:
    Salmos 33:12
    Feliz a nação cujo Deus é o SENHOR…
    QUE O PAI CELESTIAL VOS ABENÇOE!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *