O Paradoxo Entre Agraciados e Agradecidos

Hoje, ao tomar uma ducha, agradeci várias vezes ao meu SENHOR pelo enorme privilégio que Ele me proporcionou de existir nesse tempo e nesse lugar.

Você já se deu conta de como nossa geração e época são felizardas?! Pense bem, faça um comparativo simples, observe o simples hábito de se tomar um banho e de se usar um banheiro atualmente quando comparado à forma em como isso era feito no início do século passado. Hoje podemos facilmente escolher entre um banho quente ou frio, temos diversos produtos de limpeza e higiene pessoal à disposição e muitos outros benefícios quando se observa apenas o mero hábito de se utilizar um banheiro, sem mencionar ainda que em muitos lugares do mundo, infelizmente, ainda há pessoas que vivem nas condições similares ao do início do século passado nesse quesito.

Mas a maioria de nós vive em um mundo onde há energia elétrica disponível abundantemente e com uma malha enorme de meios de transporte, uma série de eletrodomésticos que facilitam a vida doméstica e dispositivos de comunicação que permitem acesso a uma infinidade de informações, entre muitas outras coisas e tecnologias.

Mesmo assim experimentamos um enorme paradoxo, ao mesmo tempo em que somos a geração mais agraciada pelos benefícios da vida moderna, somos, talvez, a menos agradecida por isso. Se tivéssemos de listar tudo a que teríamos de agradecer ao Altíssimo pelas benesses dos tempos atuais, faltaria papel e tinta se o fizéssemos por escrito, pois desde a natureza que nos cerca, incluindo nosso corpo que é um milagre em si, passando pela nossa existência até aos benefícios modernos e tudo o mais, não conseguiríamos nem mesmo relacionar tudo pelo qual teríamos de ser gratos a cada instante.

Eu não me excluo nessa crítica, faço parte dela e por isso eu tenho me esforçado a cada dia em ser cada vez mais grato ao meu SENHOR por tudo que tem me proporcionado, inclusive pelas dificuldades, disciplinas e problemas, pois muitas vezes servem-me como portas e/ou escadas que me levam para um nível mais alto de crescimento em conhecer ao Eterno … e isso é o que vale ao fim de tudo.

Se vivemos um tempo difícil e com perspectivas negativas, no escopo como uma sociedade global, isso deve-se única e exclusivamente pela maldade no coração do homem e o seu respectivo distanciamento dos caminhos do SENHOR. Por isso o paradoxo, somos abundantemente agraciados com os benefícios do Altíssimo todos os dias, mas, coletivamente, somos cada vez menos gratos a Ele por tudo isso.

Que você e eu possamos, nesse quesito da gratidão, ir contra essa correnteza e sermos a cada dia, mais e mais agradecidos!

Bondade e misericórdia certamente me seguirão TODOS os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre.” (Salmo 23:6)

Rendam graças ao SENHOR por Sua bondade e por Suas maravilhas para com os filhos dos homens!” (Salmo 107:8,15,21,31)

Toda a honra e toda a glória ao SENHOR!

Fonte: Dionei Vieira – Hoje, ao tomar uma ducha, agradeci várias vezes ao…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *