Adão Morreu no Mesmo Dia em que Comeu do Fruto?!

Segundo relata Gênesis 5:5, Adão viveu 930 anos e morreu ( em hebraico, מותmuwth” … morrer ). Mas, segundo relata Gênesis 2:16,17 …

E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, NO DIA em que dela comeres, certamente MORRERÁS ( מות muwth ).

Ou seja, teria Deus mentido e Adão não morreu no dia em que comeu do fruto da árvore?! … Sabemos que houve uma separação espiritual entre o homem e Deus nesse momento e que isso simboliza uma “morte espiritual”, entretanto essa simbologia é incompleta, visto que Deus ainda falava e interagia com misericórdia com Adão mesmo posteriormente ao acontecimento.

Além disso, observando o texto nos originais, sabemos que a morte referida no texto envolve efetivamente a morte física devido a palavra utilizada em hebraico ( מות muwth ), e então?!

A verdade é que Adão morreu sim, fisicamente, mais de 900 anos depois de comer do fruto, porém ainda assim isso ocorreu no mesmo dia em que ele comeu do fruto da árvore, o problema é que muitos não percebem o conceito de dia ao que o SENHOR se referia quando orientou Adão em Gênesis 2:16,17 … o esclarecimento está no Salmo 90:4 …

Pois mil anos, aos Teus olhos, são como o dia de ontem que se foi e como a vigília da noite.” (Salmo 90:4)

Sendo assim, Adão morreu antes dos 1000 anos de idade, ou seja, Adão morreu fisicamente ainda no mesmo dia em que comeu do fruto da árvore segundo os padrões do SENHOR para um dia!

Perceba que, devido ao pecado, nenhum homem registrado nas Escrituras viveu mais do que um dia, mais de 1000 anos … isso quando observamos segundo os parâmetros do SENHOR … mesmo Metusalém, o homem que mais tempo viveu e que foi uma representação em vida da misericórdia de Deus para com o homem, pois o significado do seu nome indicava que a sua morte traria o juízo do dilúvio … como de fato ocorreu … Metusalém viveu longos 969 anos ( Gênesis 5:27 ) … ainda assim, morreu em menos de um dia segundo os parâmetros do SENHOR …

Essa interpretação é corroborada e registrada no antigo Livro dos Jubileus … o Livro dos Jubileus é um dos muitos livros encontrados entre os Pergaminhos do Mar Morto, cujos pergaminhos desse livro foram datados por volta de 100 aC, sendo que foram encontrados fragmentos de 16 cópias desse livro nas cavernas em Qumran, o que denota que era um livro amplamente lido e de grande importância para o grupo dessa época que viveu nos tempos de Cristo … essa interpretação defendida neste artigo está assim registrada no Livro dos Jubileus ( meus comentários em colchetes ) …

E ao final do décimo nono jubileu, na sétima semana no sexto ano [ 930 anos ] morreu Adão. E todos os seus filhos sepultaram-no na terra de sua criação [ Elda ], e ele [ Adão ] foi o primeiro a ser sepultado na terra [ de Elda ]. E a ele faltou setenta anos para [ completar ] mil anos; porque mil anos são como um dia no testemunho do céu e por isso está escrito no que se refere a árvore do conhecimento: ‘No dia em que você comer você deverá morrer’. Por essa razão ele [ Adão ] não completou os anos de seu dia; porque morreu durante ele [ dentro do dia de 1000 anos ].” (Jubileus 4:29,30)

Este é mais um dos motivos de porque o conceito de um Reino Milenar literal é relevante nas Escrituras e nos planos do SENHOR … afinal o milênio mostrará que o homem alcançará finalmente mais de 1000 anos de vida … e assim a maldição da morte “NO MESMO DIA”, já vencida por Cristo, se mostrará então efetivamente quebrada no homem ( Adão ) … e por completo a “morte” será tragada pela vitória, o seu poder desnudado e o último inimigo enfim terá sido completamente derrotado!

Que o SENHOR lhe abençoe! 🙏❤

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *