Multiculturalismo: Letal aos Valores Ocidentais

Walter E. Williams pergunta se os americanos têm “a vontade de nos defender da aniquilação”

 

por Walter Williams,

 

A chanceler alemã, Angela Merkel, declarou que na Alemanha o multiculturalismo “fracassou totalmente”. Tanto o ex-Primeiro-Ministro John Howard da Austrália quanto o ex-Primeiro-Ministro José Maria Aznar da Espanha chegaram à essa mesma conclusão sobre o multiculturalismo em seus países. O Primeiro-Ministro britânico David Cameron, alertou que o multiculturalismo está fomentando a ideologia extremista e contribuindo diretamente para o crescimento local do terrorismo islâmico. O Líder do Partido Independente do Reino Unido, Nigel Farage, disse que o esforço do Reino Unido para o multiculturalismo não uniu os britânicos, mas os separou. Isso tem permitido ao Islã emergir, apesar da cultura judaico-cristã da Grã-Bretanha. O ex-Primeiro-Ministro britânico, Tony Blair, disse que as raízes do islamismo violento não são “superficiais, mas profundas” e podem ser encontradas “na minoria extremista que agora, em cada cidade europeia, prega o ódio ao Ocidente e ao nosso modo de vida”.

O ponto principal é que grande parte do mundo muçulmano está em guerra com a civilização ocidental. Não há dúvida de que o Ocidente tem o poder militar para impedir a agenda do Islã radical. A questão em jogo é se temos a inteligência para reconhecer o ataque e a vontade de nos defender da aniquilação.

O multiculturalismo está com com os pés dos islamitas na nossa porta. No coração do multiculturalismo está um ataque contra os valores ocidentais e cristãos. Muito deste ataque tem as suas raízes nos campus universitários, entre a elite intelectual que vê como sua missão doutrinar a juventude. Nas colunas anteriores, eu tenho documentado o ensino do ódio à América pelos acadêmicos, assim como o professor de economia da UCLA que disse à sua classe, “Os Estados Unidos da América, apoiado por fatos, é o país mais ganancioso e mais egoísta do mundo”. Uma professora de história disse à sua classe: “O capitalismo não é uma mentira dita de propósito. É apenas uma mentira”. Ela também disse: “Os (Capitalistas) são porcos. … Eles são pessoas bastardas”. Os alunos sentam-se entre as aulas Leia Mais

Dica de Livro – Fome por Deus

O autor é amplamente conhecido no meio evangélico, John Piper em seu livro “Fome por Deus – Buscando Deus por meio do Jejum e Oração” (veja aqui) foi para mim uma surpresa agradável, não que eu imaginasse que seria ruim, absolutamente, pois pelo autor você já pode esperar um bom conteúdo. O que quero dizer é que a abordagem do tema feita por Piper foi além das minhas expectativas, que já eram boas.

Piper inicia fazendo uma boa análise sobre o jejum e oração tanto do antigo como do novo testamento, mas nos capítulos posteriores ele começa a contemporizar para os dias atuais estas práticas, expandindo o conceito além da simples abstinência do alimento, mas para muitas outras “fontes de alimento” que temos nos dias atuais, como TV, internet, entre outros. Uma reflexão salutar sobre a “Fome por Deus” dos dias atuais e as formas de colocar à prova se, realmente, estamos dispostos a buscar a Deus de todo nosso ser, independente se temos ou não benefícios por isso.

Ele aborda em dois capítulos temas que não vejo serem muito abordados atualmente, até porque Leia Mais

Bomba! Barack Obama é desmascarado de maneira conclusiva como criação da CIA

Comentário de Julio Severo: Este artigo é longo, mas se você quer entender como apesar das imensas falsificações envolvendo Obama tem sido impossível detê-lo, esta série de documentos, originalmente divididas em três partes e reunidas como um único artigo, mostra as ligações de Barack Obama e sua mãe à CIA. Ela trabalhava, como fachada, para a USAID, organização do governo dos EUA já muito bem conhecida entre os ativistas pró-vida no mundo inteiro como uma organização que promove o controle populacional. A mãe de Obama e outros agentes da CIA com ela eram fluentes em russo, pois a missão deles era combater as operações soviéticas em vários lugares da Ásia.

Sou favorável às tramas americanas passadas para sabotar as tramas soviéticas de promover o comunismo. Mas o modo como isso foi feito, descambando na criação de Obama, é assustador. O “remédio” acabou ficando pior do que a doença.

Se você quer entender como o histórico de Obama é um mistério e por que parece impossível impedir o avanço de seu imperialismo pró-aborto e pró-sodomia, leia este artigo. Leia Mais

Abraham Lincoln – Discurso Sobre Jejum e Oração

Meu comentáriotenho acompanhado todas as questões sobre nossos candidatos e oro a Deus para que tenhamos um dia na Presidência deste país alguém com qualidades tais que seu primeiro discurso possa ser similar ao que coloquei abaixo, que foi feito por Abraham Lincoln. Nosso país precisa de um líder com essa disposição, ouço de muitos que os EUA são um exemplo de país laico, mas existe muita confusão sobre o laicismo, pois laicismo não é ser contra Deus, muito pelo contrário, mas muitos pensam assim. Deveriam estes que pensam dessa forma, observar como o maior presidente que os EUA já teve, costumava se referir a Deus e, então, rever seus conceitos. Um grande homem na política não se define pelas suas referências contra Deus e a religião, mas sim em ter em si o caráter de Deus, que é de onde vem toda a bondade e sabedoria necessárias para exercer um governo que seja benéfico ao povo e ao mundo. Algo que hoje não vemos mais. Peço a Deus para um Presidente assim, sei que os que tivemos nos últimos 20 anos nunca tiveram esse coração, portanto oro para que o Brasil tenha um novo Presidente onde Deus esteja acima das ideologias e ambições pessoais, de partidos ou grupos, pois sem isso, serão mais 4 anos de sofrimento para o Brasil. Segue agora o belo discurso de um verdadeiro Presidente que não se refere a Deus apenas como um apoio para embelezar um discurso, mas que tem profundidade e sinceridade nas palavras.

 

abraham_lincoln

13/03/1863

Considerando que o Senado dos Estados Unidos, reverentemente reconhece a suprema autoridade e o Justo Governo de Deus Todo-Poderoso em todos os negócios dos homens e das nações, pediu, mediante uma resolução, ao Presidente para designar e estabelecer um dia para oração e humilhação nacionais.

E considerando que é o dever das nações bem como dos homens reconhecerem a dependência do poder soberano de Deus, Leia Mais

Dica de Livro – O Mínimo Que Você Precisa Saber Para Não Ser Um Idiota

A indicação deste livro (veja aqui) não se deve apenas ao fato de estarmos num ano politicamente importante, mas sim pelo conjunto da obra em si. Olavo de Carvalho é um gigante do pensamento não somente nacional, mas também internacional e nisso eu me alio à opinião do Pastor Artur Eduardo e, como ele, posso também afirmar que Olavo de Carvalho, no mínimo, está em importância para o Brasil como G. K. Chesterton esteve para a Inglaterra em sua época. Eu conheci a sua obra há muitos anos e seus livros e artigos são verdadeiras preciosidades, leitura obrigatória para qualquer indivíduo que queira crescer em conhecimento social e político e observar os fatos relevantes de uma forma muito mais acurada e reflexiva. O Professor Olavo de Carvalho tem minado repetidamente as ideologias de esquerda mostrando suas reais características e expondo suas intenções mais vis e insanas com a lucidez que lhe é peculiar.

Tive também o privilégio de fazer vários dos cursos disponibilizados pelo Professor Olavo de Carvalho em seu seminário e posso dizer que aprendi muito com ele, sou um dos milhares de anônimos que tiveram o prazer de aprender os muitos conceitos e reflexões dos mais variados assuntos aos quais o Professor Olavo se dispõe a ensinar. Além de ser muito inteligente dentro das áreas de estudo aos quais se dedica, ele possui uma bagagem intelectual rara e extensa, de tal monta que Leia Mais