Gays são 1 em 50, e não 1 em 4

Michael Brown

 

De acordo com uma pesquisa do Instituto Gallup de 2011, os americanos pensavam que 25 por cento da população era gay (ou seja, uma em cada quatro pessoas), enquanto que aqueles com idade entre 18-29 anos apresentavam um número de cerca de 30 por cento (ou seja, quase uma em cada três pessoas). A realidade é que menos de 2 por cento da população é gay (ou seja, menos de uma em 50 pessoas), e muitos líderes gays sabem que isso é verdade.

Povo dos EUA, vocês foram enganados.

Por muitos anos, foi dito aos americanos que “um em cada 10 americanos” era gay, um número com base em um estudo esmagadoramente falho de 1948 de Alfred Kinsey. (Kinsey, na verdade, se baseou em dados de presos do sexo masculino para chegar a suas estatísticas.)

Mesmo sabendo que essa estatística foi inflada, os ativistas gays a usaram como uma mentira conveniente, já que, como salientaram dois líderes estrategistas gays no final de 1980, “há força nas estatísticas.” Conforme expresso por um líder gay há poucos dias, “A verdade é, números importam, e importam para se ter influência política.”

Em outras palavras, se os americanos percebessem que menos de 2 por cento da população era gay, em vez de 10 por cento (e muito menos de 25 por cento), eles teriam tido uma visão muito diferente dos “direitos dos homossexuais.”

Para ficar claro, é errado intimidar ou oprimir ou maltratar alguém com base no sexo ou na etnia ou suas atrações românticas, Leia Mais

Escatologia – 10 Sinais Incomuns de que o Advento de Cristo está Próximo

por Dionei Vieira,

 

Este post é um resumo de muitas pesquisas e estudos, como o material é gigantesco e não desejo transformar o artigo num livro (não ainda), vou buscar ser o mais sucinto possível. Vou apresentar uma relação de sinais bíblicos, extra-bíblicos, alguns controversos, mas que merecem uma citação, visto que não podem ser descartados pois apontam e concordam com os eventos bíblicos relatados para esses tempos. Antes de começar, vou deixar claro que não tenho a menor intenção neste post de definir datas sobre o segundo advento de Cristo, isso pode ocorrer em breve, como pode levar muitos anos, já que essa é uma atribuição exclusiva do Altíssimo.

Aqui cabe uma curiosidade para quem não está familiarizado com a cultura judaica da época de Cristo e seus rituais de casamento. Quando algum filho da família desejava se casar – e isso na época se esperava que ocorresse entre os 13 e 20 anos, pois diferente de nossos tempos atuais, naquela época não se considerava a existência de uma fase chamada adolescência, pela própria dureza desse período da civilização – o casamento era arranjado pela família, o que era comum, ou poderia ocorrer de que a moça de quem o rapaz tivesse interesse também fosse do agrado da família. De qualquer forma o pai do jovem se encarregaria de organizar tudo, como fez o pai de Sansão (Juízes 14:1-10), ou o pai contrataria alguém para organizar o serviço, como fez Abraão (Gênesis 24:1-10), salvo alguns casos, o próprio jovem o faria sozinho devido a alguma circunstância em que o pai não pudesse tratar da tarefa, como fez Jacó (Gênesis 29:15-30). Existem pontos interessantes e relevantes em todo o ritual desde o pedido do casamento, passando pelo noivado até o dia do casamento, mas não é a proposição neste artigo, ficará para um próximo. O ponto é o seguinte, antes do casamento tudo é preparado para esse evento e para a morada da esposa, essa obrigação corria geralmente pela responsabilidade do pai, dessa forma, se alguém viesse e perguntasse ao jovem quando seria o casamento, normalmente a resposta seria: “Ninguém sabe, exceto o meu pai”. Isso lhe soou familiar? Pois é, Jesus usou a tradição da época para se referir a sua volta, já que sua volta simboliza o casamento dEle com sua noiva, a igreja (Mar 13:32).

Então já que ficou claro quem manda nessa questão de data e hora, não serei eu a dizer, mas nada me impede de observar e perceber se estamos nessa época ou não, já que várias indicações sobre ela foram dadas. Esse é o meu objetivo aqui, mostrar que existem muitos mais sinais do que você imagina e vários deles nos dizem que de agora aos próximos anos, parece que coisas incríveis irão ocorrer. Como essa não será uma lista similar a muitas outras que você tenha visto, pois não vou me ater aqui aos conhecidos sinais relacionados aos terremotos, fome, pestes, guerras, perversão sexual, entre tantos outros mais conhecidos já que estes citados são hoje comuns e bem conhecidos e explorados na cultura cristã, meu objetivo é abordar os sinais não tão conhecidos pela maioria e que apontam para essa época em que vivemos que mostra ser especial no contexto do fim dos tempos. Prontos, então se puder, relaxe, pegue um bom café ou similar e Leia Mais

A maioria dos pastores evitam questões controversas para manterem os dízimos elevados

Jennifer LeClaire

 

Pastores geralmente acreditam que o casamento do mesmo sexo e o aborto são errados, mas a maioria deles não vai falar com suas congregações sobre isso por medo de perderem membros.

Esse é um aprendizado básico de um estudo recente do Grupo Barna. O perito em pesquisas, George Barna, esteve no programa de rádio “Família Americana” para discutir sobre as questões relacionadas ao que ele descobriu.

“O que estamos descobrindo é que quando perguntamos a eles sobre todas as questões-chaves do dia, [90 por cento deles] nos dizem: ‘Sim, a Bíblia fala de cada uma dessas questões.” Em seguida, perguntamos, ‘Bem, você está ensinando ao seu povo o que a Bíblia diz sobre essas questões? ” — e os números caem… para menos de 10 por cento dos pastores que nos dizem que vão falar sobre essas questões,” disse Barna à agência de notícias “One News Now“.

Como se vê, os pastores não estão dispostos a fazer “quase nada” para fazem com que as pessoas sejam ativas em questões políticas.

“Então, a coisa que mais me impressionou foi que, quando se fala sobre a separação entre Igreja e Estado, vemos que as igrejas têm Leia Mais

Dica de Livro – Uma Vida Sem Limites

Esse livro é um misto de inspiração e encorajamento com uma biografia de Nick Vujicic, uma pessoa verdadeiramente única e incrível. Eu conheci o trabalho dele e sua história em 2009 e fiquei fascinado, ele é um exemplo vivo do potencial que uma pessoa pode alcançar se ela deixar Deus agir em sua vida. Mesmo com as suas limitações, o alcance da vida de Nick é de um valor inestimável, um exemplo de vida que devemos lembrar sempre que estamos nos sentindo desanimados, por isso, de tempos em tempos, assisto à alguns de seus vídeos de mensagens e das suas missões pelo mundo.

O livro pode ser encontrado aqui, é um livro rápido e gostoso de ler, são pouco mais de 250 páginas com histórias muito interessantes de fases da vida de Nick. Uma dessas histórias conta sobre uma briga do Nick no colégio com um menino maior e mais forte do que ele, você pode achar normal uma briga de crianças no colégio, mas não com alguém como o Nick, veja pela foto abaixo, afinal eu não diria que uma briga entre um menino normal e um menino como o Nick, com suas limitações, possa ser chamado de uma luta justa! E, acredite, o Nick ganhou a briga, leia Leia Mais

O Comunista Nu

Este post é um misto de dica de livro e alerta, explico, “O Comunista Nu” é o título em português (tradução minha) do livro “The Naked Communist” (veja aqui), lançado em 1958 e escrito por um ex-agente do FBI chamado Cleon Skousen. Como foi lançado na época da Guerra Fria, naturalmente ficou entre os best-sellers da década de 60 nos EUA devido a sua linha anticomunista. O livro, de pouco mais de 400 páginas, é um apanhado de várias obras relacionadas ao comunismo que se dispõe a responder vários questionamentos da época.

É um livro que vale a pena ser lido para quem desconhece a ideologia de esquerda e seus tentáculos, já que aborda vários tópicos a ela relacionados. O socialismo/comunismo já fizeram um grande mal ao mundo no passado, como se pode acompanhar através da obra “O Livro Negro do Comunismo” (veja aqui) que contabiliza e detalha os crimes dessa ideologia em diversos países pelo mundo desde o início do século passado até meados da década de 80, tudo num volume de mais de 900 páginas cuja contabilidade fatal desse regime resulta em cerca de 100 milhões de mortes. É um verdadeiro horror que ainda exista um regime que matou mais pessoas em menos de 100 anos do que em todas as guerras anteriores no mundo somadas desde à época de Cristo e, pior, esteja aos poucos dominando vários países direta ou indiretamente, entre eles o nosso.

Voltando ao livro de Cleon Skousen, o interessante é sua visão relacionada a nova abordagem comunista que viria a ser dominante nos dias atuais, sua semente mutante tinha sido recentemente plantada e Leia Mais

Você é um cristão? Você é um alvo!

Meu comentário: este artigo mostra um pouco do que tem ocorrido num país que, outrora, já foi considerado o maior exemplo de democracia no mundo, um baluarte da liberdade de expressão. Mas hoje, completamente minado por ações e pela ideologia de esquerda está, dia-a-dia, destruindo valores e instituições tradicionais e, com isso, paulatinamente caminhando para um regime ditatorial e perigoso. Se isso já ocorre lá, o que dizer do Brasil, onde os cristãos em geral, também não tem sido nem sal e nem luz como deveriam, principalmente na política, na mídia e na educação, os quais hoje são redutos desse mesmo pensamento de esquerda que opera nos EUA e em outros países. E pior, nosso país está repleto de pastores e líderes de igrejas que possuem a mesma ideologia de esquerda ou são simpatizantes a ela … tempos difíceis!

 

Você é um cristão nos Estados Unidos? Você é um alvo!

Essa é a mensagem do âncora da Fox News, Todd Starnes, que explorou a perseguição aos fiéis em seu novo livro, “Menos Deus na América: Histórias Reais das linhas de frente do ataque aos valores tradicionais” (“God Less America: Real Stories From the Front Lines of the Attack on Traditional Values.”).

“Através da minha cobertura dos fatos e através do meu relato investigativo, eu descobri que não é apenas uma guerra contra a liberdade religiosa, mas esta é, de fato, uma guerra que é especificamente destinada às pessoas da fé cristã”, disse Leia Mais

“O Vaticano contra Israel”: Crítica do novo livro de Meotti

Janet Levy

 

Comentário de Julio Severo: Embora meu blog frequentemente denuncie as posturas anti-Israel da Igreja Presbiteriana e outras grandes denominações protestantes, o artigo de hoje é sobre semelhante postura da Igreja Católica. A autora conservadora Janet Levy é uma líder pró-família judia americana com quem tenho contato. Ela não tolera nem a Igreja Ortodoxa Russa pelos pogroms contra os judeus nem a Igreja Católica pelas Inquisição que também atingiu cruelmente os judeus. Apesar de suas opiniões duras, vale a pena conhecer o que ela diz. Muito pior do que a dureza dela é a opinião de alguns que mesmo hoje insistem em defender a Inquisição. Eis seu artigo:

Em seu novo livro, “O Vaticano Contra Israel: Eu acuso”, Giulio Meotti explora o fundamento teológico de 1.700 anos de inimizade católica em relação aos judeus e como isso acontece contra Israel desde o início do sionismo moderno.

Leia Mais