Variantes Textuais de Deuteronômio 32:8 … Filhos de Deus

A descoberta dos Pergaminhos do Mar Morto vieram a nos mostrar que os textos bíblicos do Antigo Testamento que temos são muito fiéis ao que se conhecia anteriormente. Mas há algumas variantes textuais que são interessantes de se notar, ainda mais quando comparados a versão da Septuaginta … como exemplo, veja este trecho abaixo, baseado no texto Massorético (vide imagem anterior), que é rico em significado …

Lembra-te dos dias da antiguidade, atenta para os anos de gerações e gerações; pergunta a teu pai, e ele te informará, aos teus anciãos, e eles to dirão. Quando o Altíssimo distribuía as heranças às nações, quando separava os filhos dos homens uns dos outros, fixou os limites dos povos, segundo o número dos FILHOS DE ISRAEL.” (Deuteronômio 32:7,8)

O texto Massorético é datado de entre o século 7 e 10 depois de Cristo, mas há variantes textuais importantes e mais antigas encontradas na Septuaginta ( do terceiro século antes de Cristo ) e nos Pergaminhos do Mar Morto ( do primeiro e segundo séculos antes de Cristo ). Esse texto de Deuteronômio pode ser encontrado no pergaminho 4Q37 ( vide imagem anterior ) e o texto fica então assim …

Lembra-te dos dias da antiguidade, atenta para os anos de gerações e gerações; pergunta a teu pai, e ele te informará, aos teus anciãos, e eles to dirão. Quando o Altíssimo distribuía as heranças às nações, quando separava os filhos dos homens uns dos outros, fixou os limites dos povos, segundo o número dos [ ANJOS ] FILHOS DE DEUS.” (Deuteronômio 32:7,8)

A Septuaginta em sua tradução ( vide imagem anterior ), ao invés de usar o termo filhos, traduz para o grego como “αγγέλων” ( anjos ), a exemplo também do que se vê no livro de Jó 1:6. Algumas versões mais atuais da Bíblia trazem em suas traduções a base do que foi encontrado nos Pergaminhos do Mar Morto e usam então o termo “filhos de Deus” ao invés de “filhos de Israel” ( vide a imagem abaixo que é da versão ESV – English Standard Version ).

O termo “filhos de Deus” é mais coerente do que “filhos de Israel“, visto que essa divisão ocorreu antes de Abraão ser chamado e, consequentemente, antes da nação de Israel florescer … o fato de surgir a variação “filhos de Israel” deve-se também ao fato de que Israel também é chamado de “filho de Deus” muitas vezes nos textos bíblicos, visto ser a nação escolhida por Deus. Mesmo o próprio texto de Deuteronômio 32, riquíssimo em dados e significados, dá várias indicações dessa filiação em alguns dos textos, como estes …

Porque a porção do SENHOR é o Seu povo; Jacó é a parte da Sua herança.” (Deuteronômio 32:9)

Olvidaste a Rocha que te gerou; e te esqueceste do Deus que te deu o ser. Viu isto o SENHOR e os desprezou, por causa da provocação de seus filhos e suas filhas” (Deuteronômio 32:18,19)

Tenho feito há um bom tempo, muitos estudos e pesquisas comparando os Pergaminhos do Mar Morto, da Septuaginta e dos textos Massoréticos … e se percebe claramente como alguns desses textos mais antigos ( Septuaginta e Pegaminhos do Mar Morto ) influenciaram os escritores do Novo Testamento e isso é muito interessante, pois trás luz a certos entendimentos, interpretações e o porquê do uso de alguns termos nos textos do Novo Testamento. Essa variante, por exemplo, é interessante quando se analisam questões relacionadas a “assembléia dos deuses” como visto no Salmo 82 e em muitos outros textos. Enfim, este é um tema muito rico em vários aspectos e abrange muito significado, mas ficará para outros posts e artigos devido a sua grande abrangência.

One thought to “Variantes Textuais de Deuteronômio 32:8 … Filhos de Deus”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *