O Significado do Cordeiro Pascal Macho

 

É maravilhoso de se observar como o SENHOR construiu as Escrituras com um tão vasto conjunto de informações, dispostas em diversas camadas distintas e profundas, de tal forma que surpreendem e extasiam até mesmo aos mais dedicados e obstinados estudantes de Sua palavra. É notório que os textos em hebraico, aramaico e grego são ricos em significados, não apenas pelas palavras em si, mas pelo que representam tão ricamente em seus múltiplos significados e simbologias, assim como também pelos seus valores numéricos e estruturas que evidenciam a beleza, sabedoria e majestade do matemático Supremo. Além disso, também é interessante como o SENHOR gosta de jogar com as palavras, fazendo trocadilhos para esconder parte dos Seus mistérios e propósitos, de tal forma que apenas com um conhecimento dos idiomas originais se está apto a percebê-los … aqui um exemplo:

Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês, cada um tomará para si um cordeiro, segundo a casa dos pais, um cordeiro para cada família. Mas, se a família for pequena para um cordeiro, então, convidará ele o seu vizinho mais próximo, conforme o número das almas; conforme o que cada um puder comer, por aí calculareis quantos bastem para o cordeiro. O cordeiro será sem defeito, macho ( זכר zakar ) de um ano; podereis tomar um cordeiro ou um cabrito;” (Êxodo 12:3-5)

No trecho citado anteriormente existem vários detalhes importantes e profundos, mas nesse artigo eu vou me ater apenas a palavra usada para designar o cordeiro sem defeito do sacrifício da Páscoa pelo povo de Israel como sendo um cordeiro macho, cuja palavra no original é זכר “zakar” … o curioso jogo de palavras aqui é que זכר zakar também significa: lembrar, recordar, trazer à mente.

O que então isso significa e o que isso representa?! Bem … quando o Cordeiro Pascal foi morto, isso implica que o “zakar” foi morto … destruído. E matar o zakar é acabar com a lembrança, é destruir a recordação, é apagar a memória; não mais trazendo as lembranças à mente. Quando o Messias, o Cristo, morreu na Páscoa como o Cordeiro Pascal Último, Ele também foi o zakar, o Cordeiro sem defeito … o Cordeiro macho … o zakar que levou os nossos pecados.

Quando Jesus morreu na cruz, foi a morte do zakar. Quando o zakar morreu, ele levou consigo toda a memória dos nossos pecados; toda as lembranças de nossas culpas, de nossos pecados e iniquidades, foram destruídas na morte do zakar, e a memória de nossa vergonha já não existe mais. Por isso que o profeta Jeremias quando trata sobre a Nova Aliança prometida por Deus, no capítulo 31, ele escreve …

Porque esta é a aliança que firmarei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o SENHOR: Na mente, lhes imprimirei as Minhas leis, também no coração lhas inscreverei; Eu Serei o seu Deus, e eles serão o Meu povo. Não ensinará jamais cada um ao seu próximo, nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece ao SENHOR, porque todos Me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o SENHOR. Pois perdoarei as suas iniqüidades e dos seus pecados jamais me lembrarei ( זכר zakar ).” (Jeremias 31:33,34)

Percebe como as coisas estão vinculadas?! Observe a beleza do “jogo de palavras” usadas pelo SENHOR através da língua hebraica?! Deus enfatiza que na Nova Aliança Ele perdoaria as iniquidades e os pecados do povo e que deles jamais se lembraria!!! Quando Jesus cumpriu a Nova Aliança, firmada através do Seu sangue ( vide Mateus 26:26-28 ), Ele garantiu esse perdão, pois Ele foi o Cordeiro sem defeito, macho, o zakar … aquele que levaria a lembrança e o “peso” de todos os pecados e iniquidades consigo para a morte … para a destruição, onde essas lembranças, essas recordações, jamais voltariam à mente …

Entenda isso, quando você aceita o Messias como o seu Cordeiro Pascal, quando você crê no Filho de Deus e na obra realizada por Ele em seu benefício, então você é limpo dos seus pecados e das suas iniquidades e o SENHOR jamais os trará novamente à lembrança. Por isso que o apóstolo Paulo e o autor de Hebreus escrevem …

Lançai fora o velho fermento [ a velha criatura em pecado ], para que sejais nova massa [ uma nova criatura no SENHOR, nascido do Alto ], como sois, de fato, sem fermento [ sem pecado ]. Pois também Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi imolado. Por isso, celebremos a festa não com o velho fermento, nem com o fermento da maldade e da malícia, e sim com os asmos da sinceridade e da verdade.” (1 Coríntios 5:7,8)

Jesus, porém, tendo oferecido, para sempre, um único sacrifício pelos pecados, assentou-se à destra de Deus, aguardando, daí em diante, até que os seus inimigos sejam postos por estrado dos seus pés. Porque, com uma única oferta, aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados. E disto nos dá testemunho também o Espírito Santo; porquanto, após ter dito: Esta é a aliança que farei com eles, depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei no seu coração as Minhas leis e sobre a sua mente as inscreverei, acrescenta: Também de nenhum modo Me lembrarei dos seus pecados e das suas iniqüidades, para sempre. Ora, onde há remissão destes, já não há oferta pelo pecado.” (Hebreus 10:12-18)

Se você está em Cristo, você morreu com Ele e a sua vida agora está nEle e você é Nova Criatura, gerada pela Nova Aliança! Viva de acordo com essa nova natureza, busque as coisas que são do Alto e viva sem o peso dos pecados do seu “velho eu”, pois a memória deles foi destruída no Calvário através da expiação do Senhor!!! Que o SENHOR lhe abençoe e ilumine os seus caminhos!!!

One thought to “O Significado do Cordeiro Pascal Macho”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *