De Um Coração de Pedra Para Um Coração de Boas-Novas

Quando fazemos um estudo mais aprofundado das Escrituras, observando os textos e os idiomas originais, a beleza da construção dos textos fica ainda mais aparente. É majestoso de se observar a harmonia de textos que foram escritos em períodos e épocas tão distintas e que abrangem cerca de 1.500 anos com tantos autores distintos. Os próprios idiomas que são utilizados nos originais também são ricos em significados e tipologias como já mostrei em outros artigos aqui no blog. Além disso, como eu já citei em outros artigos ( aqui um exemplo ), o SENHOR se utiliza de “trocadilhos” muito significativos, fazendo belos e expressivos “jogos de palavras” em muitos dos textos das Escrituras. Quando o SENHOR usa Jeremias para profetizar a “Nova Aliança“, o SENHOR diz:

Eis aí vêm dias, diz o SENHOR, em que firmarei nova aliança com a casa de Israel e com a casa de Judá. Não conforme a aliança que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; porquanto eles anularam a Minha aliança, não obstante Eu os haver desposado, diz o SENHOR. Porque esta é a aliança que firmarei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o SENHOR: Na mente, lhes imprimirei as Minhas leis ( תרה torah ), também no coração lhas inscreverei; Eu Serei o seu Deus, e eles serão o Meu povo.” (Jeremias 31:31-33)

Esse texto de Jeremias foi cumprido em Cristo, como relata Mateus 26:27,28, “A seguir, tomou um cálice e, tendo dado graças, o deu aos discípulos, dizendo: Bebei dele todos; porque isto é o meu sangue, o sangue da [nova] aliança, derramado em favor de muitos, para remissão de pecados” ( veja também 1 Coríntios 11:25; Hebreus 9:15; 12:24 ). Dessa forma Cristo nos deu acesso à aliança que foi prometida segundo a profecia feita em Jeremias, centenas de anos antes, e este é o Evangelho ( do grego ευαγγελιον euaggelion“; que significa “boas-novas” ) que tem sido pregado desde então, as boas-novas de salvação por meio da fé no sacrifício do Senhor que nos trouxe paz com Deus ( vide Romanos 1:16,17; Romanos 5:1,2 ).

Desde os tempos do Antigo Testamento isso já era proclamado e de uma forma ainda mais profunda do que muitos imaginam, já falando do “novo nascimento” e do seu impacto em nós. O SENHOR, através do profeta Ezequiel, nos dá detalhes de como seria esse “Novo Nascimento“, de como então nos tornaríamos “Nova Criatura“, aumentando os detalhes dados por Jeremias sobre a “Nova Aliança“, onde Ele explica que, devido a dureza dos nossos corações, que é como “pedra” (referindo-se às leis, aos mandamentos que estavam em “tábuas de pedra“), éramos então incapazes de seguir os estatutos e juízos dados pelo SENHOR. Para mudar isso, o SENHOR teria de nos dar um “coração novo”, agora não mais de pedra, duro e insensível às leis e mandamentos do SENHOR; esse coração teria de ser de carne, sensível à ação de Deus e trabalhando em conjunto com um “novo espírito” que o SENHOR nos proporcionaria, que seria sensível ao Espírito do SENHOR que igualmente habitaria em nós. O Espírito do SENHOR então atuaria em nós para que essa “nova criatura” produzisse a obediência e a observância aos estatutos e juízos do SENHOR.

Portanto, nós precisávamos de uma transformação muito mais profunda; todo esse “novo nascimento” só pode ocorrer através de um processo que nos é concedido, estabelecido, afirmado, designado, permitido, presenteado pelo próprio SENHOR, que é o que descreve a palavra hebraica נתנּ “nathan” e que aparece várias vezes nos textos abaixo do livro de Ezequiel …

Dar-vos-ei ( נתנּ nathan ) coração novo e porei ( נתנּ nathan ) dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei ( נתנּ nathan ) coração de carne ( בשׁר basar ). Porei ( נתנּ nathan ) dentro de vós o Meu Espírito e farei que andeis nos Meus estatutos, guardeis os Meus juízos e os observeis.” (Ezequiel 36:26,27)

Dar-lhes-ei ( נתנּ nathan ) um só coração, espírito novo porei ( נתנּ nathan ) dentro deles; tirarei da sua carne o coração de pedra e lhes darei ( נתנּ nathan ) coração de carne ( בשׁר basar ); para que andem nos Meus estatutos, e guardem os Meus juízos, e os executem; eles serão o Meu povo, e Eu Serei o seu Deus.” (Ezequiel 11:19,20)

Agora, observando esses textos de Ezequiel, citados anteriormente, veja que o SENHOR usa o termo em hebraico בשׁר basar” para designar o tipo desse “novo coração“, um coração de “carne” que é segundo a vontade do SENHOR … a parte mais curiosa dessa palavra é que ela também tem um outro significado … e esse “trocadilho” nos mostra a profundidade da transformação que o SENHOR produziu em nós, “novas criaturas“, esse termo também significa “boas-novas“, ou como muitos também conhecem, “evangelho” … Deus está nos dizendo que nos tirou um coração de “pedra” (referindo às leis em tábuas de pedra) e nos deu um novo coração, temos agora um coração de “boas-novas“, um coração de “evangelho“. Isso pode ser observado em vários outros textos do Antigo Testamento, onde essa referência é então utilizada, inclusive em Isaías no famoso texto utilizado e lido pelo próprio Senhor Jesus que falava acerca de si próprio ( vide Lucas 4:16-21 ) …

O Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas ( בשׁר basar ) aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados; a apregoar o ano aceitável do SENHOR …” (Isaías 61:1,2a)

Proclamei as boas-novas ( בשׁר basar ) de justiça na grande congregação; jamais cerrei os lábios, Tu o sabes, SENHOR” (Salmo 40:9)

Cantai ao SENHOR, todas as terras; proclamai [ as boas-novas ] ( בשׁר basar ) a Sua salvação, dia após dia.” (1 Crônicas 16:23)

Eu sou o que primeiro disse a Sião: Eis! Ei-los aí! E a Jerusalém dou um mensageiro de boas-novas ( בשׁר basar ).” (Isaías 41:27)

Perceba, você que creu no sacrifício de Cristo e que está nEle, agora é “Nova Criatura” segundo o que descreve os textos de Ezequiel citados anteriormente, pois você faz parte da “Nova Aliança” através de Cristo. Agora você tem um espírito novo, um coração novo e o Espírito do SENHOR que está habitando em você, o seu coração é agora um coração de “boas-novas“, você não apenas creu no Evangelho do Senhor, você tem um coração de “evangelho” e por isso tudo é que o seu falar deve ser de acordo com isso. Você deve seguir seu “coração“, você deve seguir esse “evangelho” … “a boca fala do que o coração está cheio” … e o seu coração está cheio do “evangelho“, das “boas-novas” do Senhor, então haja de acordo e propague isso para todos os que encontrar!

O Senhor Jesus não apenas trouxe e proclamou o Evangelho das Boas-Novas, é algo muito mais profundo … sempre que leio esse texto de João abaixo, à luz do que escrevi neste artigo, eu entendo que Cristo, o Senhor, não apenas tornou-se carne e habitou entre nós para trazer o Evangelho, Ele foi além, Ele mesmo tornou-se as “Boas-Novas”, Ele mesmo tornou-se o “Evangelho” … é muito mais do que ter uma mensagem, Ele era a própria mensagem …

E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a Sua glória, glória como do unigênito do Pai.” (João 1:14)

As Escrituras são maravilhosas, a riqueza da Palavra de Deus é sem medida, tudo nela é majestoso e quanto mais você se aprofunda, mais Maravilhoso, mais Glorioso o SENHOR se torna … ao SENHOR seja a Honra, a Glória, o Poder e o Louvor para todo o sempre …

Bendito és tu, SENHOR, Deus de Israel, nosso Pai, de eternidade em eternidade. Teu, SENHOR, é o poder, a grandeza, a honra, a vitória e a majestade; porque Teu é tudo quanto há nos céus e na terra; Teu, SENHOR, é o reino, e Tu Te exaltaste por Chefe sobre todos. Riquezas e glória vêm de Ti, Tu dominas sobre tudo, na Tua mão há força e poder; Contigo está o engrandecer e a tudo dar força. Agora, pois, ó nosso Deus, graças Te damos e louvamos o Teu glorioso Nome.” (1 Crônicas 29:10b-13)

Que o SENHOR lhe abençoe e lhe faça uma “Nova Criatura” com um coração repleto das “Boas-Novas“!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *